Alemanha massacra Brasil (7×1) e chega à final da Copa do Mundo

Alemanha entrou como favorita contra o Brasil na semifinal no Mineirão, mas ninguém poderia imaginar uma goleada de 7×1.

mineirão1

Essa é a maior goleada sofrida pela Seleção Brasileira em toda sua história. Alemanha faz 7×1 e chega à final, que será disputada no próximo domingo no Maracanã contra o vencedor de Holanda x Argentina, que se encontram amanhã em São Paulo.

Brasil já não apresentava bom futebol no Mundial. A insegurança era uma constante. Com o futebol mostrado pela Alemanha, parece que nem com Neymar em campo não seria o suficiente.

mineirão2Klose

Miroslav Klose marcou mais um e superou Ronaldo Fenômeno na artilharia de todas as Copas, com 16 gols.

Os gols

11min – Muller faz o primeiro, quinto gol dele na competição, ap~´os escanteio da direita. Brasil tinha dificuldade na saída da bola e a Alemanha dominava totalmente as ações, com mais repertório.

23min – Klose marca seu 16º gol em Copas. Finalizou duas vezes para vencer o goleiro Júlio César.

24min – Toni Kross faz 3×0 – GOLEADA

26min – Toni Kross – 4×0 – com facilidade – ATROPELAMENTO

29min – Khedira faz o quinto gol – 5×0 – TRAGÉDIA. Alemanha botou o Brasil na roda.

Foram quatro gols em seis minutos. Brasil errava e permanecia no erro. Não havia conserto.

Segundo tempo:

Brasil conseguiu finalizar três vezes em oito minutos, num instante em que a Alemanha administrava o resultado.

24min – Schurrler – 6×0. Ele entrou em lugar de Klose. MASSACRE

34min – Shurrler – mais um – 7×0 – INACREDITÁVEL

45min – Único gol brasileiro, uma finalização de Oscar.

Placar final: 7×1 – a maior goleada sofrida pela Seleção Brasileira em sua história.

mineirão3
Após a tragédia no Mineirão, a Copa do Mundo chega a 167 gols em 61 jogos.

Torcida que apoiou o time durante toda a competição, vaiou no final, decepcionada com o resultado vexatório.

Alemanha

Neuer, Lahn, Boateng, Hummels (Mertezacher) e Howedes; Kross, Khedira (Draxler), Schweinsteiger e Ozil; Thomas Muller e Klose (Schurrle). Treinador: Joachim Loew.

Brasil

Júlio César, Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho (Paulinho) e Oscar; Bernard, Fred (Willian) e Hulk (Ramires). Treinador: Luiz Felipe Scolari.

Árbitro: Marco Rodriguez (México).

mineirão4
Brasil está fora da decisão da Copa do Mundo. Próximo jogo será sábado, em Brasília, para decidir o terceiro lugar.

Na quarta (9) na Arena Corínthians, às 17h, jogam pela outra semifinal, Holanda x Argentina. Sairá desse jogo o outro finalista.

2 ideias sobre “Alemanha massacra Brasil (7×1) e chega à final da Copa do Mundo

  1. O “Maracanazo” (1950) foi trágico, o “Minerazo” (2014), a maior vergonha do Brasil…
    (1) Antes, o Brasil havia sofrido uma goleada de 6 a 0 para o Uruguai, em 1920.
    (2) Desde 1974, um time não marcava 5 gols no primeiro tempo de um jogo de Copa do Mundo (a ex-Iugoslávia fez 6 x 0 Zaire e Polônia fez 5 x 0 Haiti).
    (3) Brasil não tomava nem mesmo 5 gols em uma Copa inteira, desde 1998.

  2. Com um técnico arrogante, que joga com o mesmo esquema de 2002, que nas substituições troca seis por meia dúzia, com um auxiliar técnico que estava aposentado, com esse comando da corrupta CBF, com jogadores que choram quando toca o hino, e por muitas outras coisas erradas nessa tal SELEÇÃO DA CBF, eu acho que ficou de bom tamanho, porque se a Alemanha não tira o pé do acelerador quando fez o quinto gol, teríamos outro recorde ontem no MINEIRAZZO, aqueles 10 a 1 da Hungria sobre El Salvador seria superado. Enquanto os brasileiros continuarem com essa arrogância futebolística, e não calçarem as sandálias da humildade e contratarem um técnico estrangeiro para comandar a seleção, vexames como esse continuaram a acontecer. Se 1950 é lembrando até hoje como um vexame, como chamaram essa goleada de ontem?

Os comentários estão fechados.