Alexandre Kalil é o novo presidente do Galo

Realizada a tão esperada eleição no Atlético. Depois dos transtornos legais que provocaram adiamento, o pleito aconteceu e os conselheiros foram às urnas para a escolha neste momento de crise, em todos os sentidos.

Entre Alexandre Kalil, Sérgio Bias Fortes e Itamar Vasconcelos, a escolha recaiu sobre Kalil.

Não conheço pessoalmente nenhum dos candidatos, mas pelo que acompanhamos pela trajetória dos mesmos em relação ao Atlético, Alexandre Kalil é o que tem mais identidade com o clube. Ele briga pelo Atlético. É destemido na hora de defender o clube, que no ano do centenário só tem alimentado a decepção do seu torcedor.

Evocando o nome de seu pai, Elias Kalil, dirigente do clube no passado, Alexandre diz não prometer nada ao torcedor, que não seja “trabalho, vassoura, unidade e organização”.

São palavras do próprio novo presidente. Realmente ele vai ter que trabalhar muito e contar com muita unidade na sua diretoria, para administrar um momento de crise.

É o grande desafio para a nova liderança do Clube Atlético Mineiro.

Sobre a votação, ficou assim o placar:

Alexandre Kalil – 271

Sérgio Bias Fortes – 130

Itamar Vasconcelos – 1 voto.

Agora é esperar o trabalho da nova diretoria com a ajuda dos verdadeiros atleticanos. É parar de muita conversa e partir para o que realmente interessa: resgatar o nome e o respeito de uma marca centenária e de grandeza.