Atlético Paranaense paga multa rescisória e contrata lateral do Mamoré

Myller alves (Small)O lateral-esquerdo Myller, do Mamoré, vai defender o Atlético Paranaense. Os acertos foram feitos entre as diretorias. Atlético Paranaense pagou a multa rescisória. Myller disputou todos os amistosos desse ano do alvi-verde. A sua estreia foi diante do Unaí, no dia 13 de janeiro, entrando no segundo tempo vitória do Mamoré por 2×0.

Jogador atuou ainda diante do Nacional (2×1 para o Sapo) no dia 20 e na derrota para o Cruzeiro (4×1) no dia 27, oportunidade em que marcou o gol único do Verde, cobrindo o goleiro Fábio. Nessa partida, dirigentes do Cruzeiro fizeram sondagens para contar com o lateral.

Falando ao AG Esporte, o presidente Beto Ribeiro afirmou: “não queríamos negociar o jogador, porém o Atlético Paranaense pagou o que estava estabelecido na multa rescisória e não houve forma de impedir a transação.” Sobre valor, o presidente, a princípio não revelou, pois ainda teria que comunicar aos demais membros da diretoria. Depois disso, o valor de R$ 50 mil reais, foi revelado.

Por: Adamar Gomes
Foto: Toninho Cury

8 ideias sobre “Atlético Paranaense paga multa rescisória e contrata lateral do Mamoré

  1. Acho que valeu a pena sim o jogador sair por R$ 50.000,00, melhor que daqui a três meses sair de graça. O importante foi o din-din que entrou, e o Mamoré lucrou sem nada gastar.

  2. Saiu para ganhar 18 mil no atlético pr.
    Antes de vim para o mamoré, ele ja tinha proposta de 5 times, foi uma jogada que o presidente beto fez, pagou 1 mes de salário que nao passava de 3 mil e repassou por 50 mil.

  3. kkkkk…50 000,,e’ bom d+, explico. qual foi o ultimo atleta negociado aqui em patos que o dinheiro entrou para o clube,isso e’ inedito, diretores que se dizem procuradores sempre sao donos dos atletas, parabens a essa nova diretoria,que com transparencia informou valores e acima de tudo colocou esse dinheiro em caixa,e com muita competencia mostra que fazer futebol com seriedade e’ possivel sim negociar atletas e abrir portas para futuras negociaçoes, porque aqui na regiao existe um seleiro de bons atletas..parabens.

  4. E claro que essa lei que calcula o valor da multa recisoria não se aplica a esse jogador do Mamoré, como um jogador que deve ter contrato no maximo até o final da segunda divisão, ou seja seu contrato deve ser de uns 4 meses, pode valer mais de 1 milhão, até porque o passe do jogador não pertence ao Mamoré, neste caso deve ter uma clausula em seu contrato que estabelece o valor em caso de transferencia antes do final do contrato. De toda forma o Mamoré esta tendo algum lucro com essa transferencia.

  5. Quem estipula a multa é o time quando vai assinar o contrato,1 milhão vc ta brincando né,e tem outra o jogador não era do Mamoré e 50 mil ja ta bom d+….

  6. Com base no valor que o mamoré recebeu pela multa recisoria, o salario do jogador era por volta de 37,50, so falta alguem vir a publico e falar que o salario era esse.

  7. Que coisa mais estranha o valor desta multa resisoria, vamos supor que o jogador recebece 1000 reais por mes, por lei o valor da multa seria aproximadamente 1 millhão e trezentos mil reais, e a diretoria fala em 50 mil. Como sempre não da pra entender os diretores dos clubes aqui de Patos.

Os comentários estão fechados.