Brasil vence de virada e croatas reclamam da arbitragem

20140612_165910 (Custom)O jogo de abertura da Copa do Mundo 2014 ficou muito a desejar. Brasil derrotou a Croácia por 3×1, mas não convenceu. O melhor da abertura ficou do lado da torcida, desde o Hino Nacional Brasileiro até a força incondicional ao time de Felipão, que começou perdendo e conseguiu a virada no placar.

O comportamento da torcida foi reconhecido pela mídia e o próprio Luís Felipe Scolari ressaltou a importância dela, para motivaram os jogadores a conseguirem o resultado positivo.

O primeiro gol foi marcado por Marcelo (contra) aos 11min, após a furada de um atacante croata. O empate do Brasil aconteceu aos 29 min, num chute de Neymar, que o goleiro aceitou, de fora da área. Antes do empate, Paulinho e Oscar haviam conseguido finalizar para duas boas defesas do camisa “1” da Croácia.

No segundo tempo, equipe brasileira encontrou muitas dificuldades com o bloqueio croata. Estava difícil penetrar na defesa inimiga. Com a diminuição dos espaços, o time errava nos passes e nas bolas cruzadas na área.

O gol da virada foi de pênalti, que só o árbitro viu. Numa jogada normal na área, Fred se jogou, após uma disputa de bola com Lovren, aos 24min. O japonês Nishimura marcou a penalidade máxima e mostrou cartão amarelo para o atleta croata. Neymar cobrou aos 26min e o goleiro quase defendeu.

Momentos antes, Felipão havia substituído Hulk por Bernard, A primeira substituição foi aos 18min, com a saída de Paulinho e entrada de Hernanes.

Um dos destaques do Brasil, Neymar, que recebeu cartão amarelo no primeiro tempo, foi substituído aos 43 por Ramires.

Aos 46min, já no tempo de acréscimo, Oscar, pegou de bico, de fora da área, e acertou o canto do goleiro: 3×1, placar final.

Brasil venceu de virada, porém ficou devendo. O rendimento da maioria dos jogadores foi abaixo do esperado.

Para o AG Esporte, Oscar foi o melhor jogador do Brasil. Também merecem destaque Neymar e Luís Gustavo.

Brasil: Júlio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luís e Marcelo; Luís Gustavo (Cartão amarelo – CA), Paulinho (Hernanes) e Oscar; Hulk (Bernard), Fred e Neymar (CA) (Ramires). Treinador: Luís Felipe Scolari.

Seleção brasileira volta a campo em Fortaleza, na terça-feira, 16h, pelo Grupo A, diante do México, que na sexta-feira (dia 13) enfrenta Camarões, em Natal, às 13h.

E assim, no primeiro dia da Copa, o Brasil venceu, mas deixou muito a desejar. Sem contar o pênalti marcado pelo árbitro, que provocou indignação do técnico Kovac, da Croácia.

Por: www.agesporte.com.br