Começou o returno: São Paulo agradece

Tricolor se aproxima do líder (foto globo.com)

Tricolor se aproxima do líder (foto globo.com)

Palmeiras, Inter, Goiás e Atlético perderam pontos importantes na abertura do segundo turno do campeonato brasileiro. O São Paulo agradece. Venceu em casa o Fluminense. Não foi um grande jogo. Mas o time mostrou consistência defensiva. Destaques para Coritiba e Náutico. Vão mal na competição, mas  venceram rivais complicados. Vamos ao nosso time.

Edson Bastos – (goleiro do Coritiba) – Das opções da rodada foi o que teve a atuação mais regular. O Coritiba jogou bem contra o Palmeiras.

George Lucas – (lateral do Santos) – Deu o passe para o gol da vitória contra o Grêmio. Gol de Paulo Henrique. Bem no ataque. Principal articulador de jogadas ofensivas do Peixe na quarta-feira.

Chicão – (zagueiro do Corinthians) – Teve trabalho. Até pelo fato da defesa do Corinthians ter sido reserva no jogo contra o Inter. Fez um gol. Muito estranho, diga-se de passagem. Foi bem.

André Dias – (zagueiro do São Paulo) – Faz um bom campeonato. Sem sustos.

Diego Renan – (lateral do Cruzeiro) – No segundo tempo mais adiantado. Destaque na vitória contra o Flamengo. Adilson corrigiu o posicionamento do time na segunda etapa. Diego Renan mostrou disposição.

Richarlisson – (meia do São Paulo) – As vezes como volante. As vezes como um reforço para os zagueiros. Foi bem na marcação. Fez um golaço. Tá jogando bem.

Ramom – (meia do Vitória) – O veterano substituiu bem o titular Leandro Domingues. Fez um gol na vitória contra o Atlético-PR. Foi o gol de número 93 de Ramom em brasileiros. É o décimo artilheiro da história da competição. Dos dez maiores artilheiros da história, apenas dois eram meias. Ramom e o incomparável Zico. Os demais: Dinamite, Romário, Edmundo, Túlio, Serginho, Dadá, Washington e Evair.

Marquinhos – (meia do Avai) – Não fez gol ontem contra o Atlético. Mas foi regular durante todo o jogo. Bela reação do time comandado pelo técnico Silas.

Éder Luis – (atacante Atlético) – Bola na trave. Velocidade. Perdeu algumas jogadas. Mas também fez o dele.

Gilmar – (atacante Náutico) – Foi o melhor dos atacantes do Náutico neste jogo. Conseguiu segurar sempre um zagueiro do Goiás. Boa participação na vitória que beneficiou diretamente quatro times na parte de cima da tabela.

Marcelinho Paraíba – (atacante Coritiba) – Fez gol de pênalti. Pênalti duvidoso. Mas jogou muito bem. Muita raça em campo. É o dono do time.

Geninho – (técnico do Náutico) – Conseguiu ser até ofensivo no segundo tempo. Mudou bem a equipe. A vitória dele também foi a vitória para Palmeiras, Inter, São Paulo e Atlético.

Agora é a sua vez: Mande a sua seleção para o Agesporte. Esta equipe é apenas uma base para que você monte a sua.

(MG)