Continua a corrida maluca

Em sua reta final, o Campeonato Brasileiro mostra a cada rodada o quanto está indefinido quanto à equipe que vai chegar ao título, os donos das vagas da Libertadores e os quatro últimos que vão cair para a segundona.

A 31ª rodada voltou a mostrar a emoção desta verdadeira Corrida Maluca. Dos cinco primeiros, três venceram, Grêmio, São Paulo e Flamengo. Dois desafinaram: Cruzeiro, que perdeu na Arena da Baixada para o Atlético Paranaense e o Palmeiras que perdeu para o Fluminense no Maracanã.

Há quem diga que o Cruzeiro perdeu a grande chance de marcar três pontos, dada a fragilidade do adversário. Você pensa assim?

Cruzeiro perde Thiago Heleno (expulso) e Henrique (3º cartão amarelo) para o jogo decisivo de quarta, no Mineirão, diante do Líder Grêmio.

Briga boa

Faltando sete rodadas para o fim, o Brasileirão mostra Grêmio (59), São Paulo (56), Cruzeiro, Flamengo e Palmeiras (55), todos lutando pelo título.

Galo

Com o empate diante do Internacional no Mineirão em 2×2, o Atlético saiu da zona da Copa Sul-Americano, caindo para a 13ª posição. Continua a sua via-crucis no ano do Centenário. O Galo tem decepcionado.

Ipatinga

O time do Vale do Aço voltou a trocar o treinador. Depois de levar de 3 do Botafogo, no Vale Aço, a diretoria demitiu o técnico Márcio Bitencourt, após dez jogos. Assume Enderson Moreira, que já atuou nas categorias de base do Cruzeiro.

Ipatinga é o último colocado do Brasileirão com 28 pontos, dois atrás que o Vasco. Estes dois e mais Portuguesa e Atlético Paranaense estão na zona do rebaixamento.

Lembrando que o Ipatinga vai disputar no próximo ano o Campeonato Mineiro do Módulo e vai ser, consequentemente, um dos adversários da URT.

(AG)