Cruzeiro estreia com vitória na Libertadores

Kléber fez dois e foi expulso (foto divulgação/VipComm)

Kléber fez dois e foi expulso (foto divulgação/VipComm)

O Cruzeiro venceu em sua primeira partida na Copa Libertadores da América. A vitória sobre o Estudiantes de La Plata da Argentina foi pelo placar de 3 x 0. Fernandinho abriu de pênalti o marcador. Kléber, que entrou no decorrer do segundo tempo, fez dois. O primeiro aos 24. O segundo aos 27 minutos.  O atacante do Cruzeiro ainda cometeu falta em Verón e foi expulso. A vitória deixa a equipe mineira na liderança isolada do grupo 5 da Libertadores. O próximo jogo será contra o Deportivo Quito no Equador.

Destaques nos jornais argentinos:

El Dia La Plata – “Un debut para olvidar” Uma estreia para esquecer. O jornal destaca que o time argentino volta do Brasil de mãos vazias. O diário ainda exalta a invencibilidade do Cruzeiro este ano.

Olé – “Diez minutos fatales” Dez minutos fatais. O mais tradicional jornal esportivo da Argentina fala dos três gols marcados em dez minutos. Até então, segundo o Diário Olé, o Estudiantes fazia um jogo inteligente no Mineirão.

La Razón – “En una ráfaga, Estudiantes se quedó sin nada ante Cruzeiro”  Em uma rajada, Estudiantes ficou sem nada contra Cruzeiro. O Diário La Razón traz em sua versão eletrônica que o time de Leonardo Astrada fez uma boa partida até levar o primeiro gol. O jornal também elogiou o primeiro tempo da equipe de La Plata.

Ficha do Jogo:

Cruzeiro
Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Leonardo Silva e Fernandinho; Fabrício (Elicarlos), Henrique (Jancarlos), Marquinhos Paraná e Wagner; Wellington Paulista e Thiago Ribeiro (Kléber)
Técnico: Adilson Batista

Estudiantes
Andújar; Angeleri, Desábato, Cellay e Germán Re (Sanchez Prette); Perez (Fernandez), Braña, Verón e Benítez; Salgueiro e Boselli (Calderon)
Técnico: Leonardo Astrada

Gols: Fernandinho (17min seg.tempo) Kléber (24 e 27min seg.tempo)

Público: 33.969 pagantes

(MG)

Uma ideia sobre “Cruzeiro estreia com vitória na Libertadores

  1. O Cruzeiro jogou mal o primeiro tempo. O segundo tempo foi bom. O time tem que melhorar no ataque. Será difícil o jogo contra os argentinos no campo deles. Espero que o Kléber coloque a cabeça no lugar. Ele não pode falhar na disciplina como no Palmeiras.

Os comentários estão fechados.