Data marcada

paulo-césar-nacPaulo César de Freitas, ex-prefeito de Nova Serrana e presidente de honra do Nacional, esteve em Patos de Minas nessa quinta (25) e almoçou com diretores do Mamoré. Na pauta, a fusão Mamoré-Nacional.

Segundo o porta-voz esmeraldino, o diretor Elton Castro, faltam pequenos detalhes de documentação, mas até o dia 5 de maio, tudo estará consolidado.

A parceria para o campeonato mineiro categoria júnior está firmada. Nacional mandará seus jogos no “Bernardo Rubinger”. O nome “Nacional” permanece na competição, mas o Mamoré terá seu escudo na camisa.

Quanto aos profissionais, é fusão mesmo, com o nome de Mamoré.

Ouça Elton Castro

 

Por: Adamar Gomes

17 ideias sobre “Data marcada

  1. patos de minas,torcedores do mamoré e tambén da urt.vocês não sabem o valor que vocês tem. não deixe esse nacional atrapalhar vocês.não pode deixar está fusão acontecer vai ser ruin para todos.todo o futebol mineiros…

  2. Meus amigos torcedores do E.C.Mamoré,vejam bem;como explicar o nome Mamoré na primeira divisão se quem tem a vaga é o time do Nacional.To preocupado com o futuro,o pessoal que comanda o time do nacional tem uma boa experiencia no futebol,por outro lado o pessoal que comanda o Mamoré estão aprendendo a mexer com futebol.Eu pergunto pra vocês,quem tem chance de levar vantagem nesse negocio de fusão?É o seguinte,estão preocupado em chegar á primeira divisão e esquecendo da historia que tem o E.C.Mamoré que já foi campeão em 90 da terceira,91 campeão da segunda,93 campeão da taça Minas Gerais,95 campeão do interior,2000 campeão da segunda,2001 campeão do interior com direito a disputar a copa Sul Minas em 2002,campeão da terceira em 2009.O que ficará na historia, vocês acham que é um bom negocio acabar com essa historia toda e se unir á um time que toda hora muda de cidade?Tenho muito medo de ver toda essa trajetória do verdão de Patos de Minas ir por água abaixo por capricho e interesse de alguns que querem levar vantagem a qualquer custo.Conselho Deliberativo fique atento,porque serão vocês os responsáveis se essa fusão acontecer.Não deixem a ambição falar mais alto e preservem a tradição do time que tem historia e tem suas raízes bem fincadas aqui em Patos de Minas.Por favor abram os olhos,e acordem pra realidade,mil vezes continuar na segunda divisão e ter um nome próprio do que se vender e daqui a pouco ter que admitir que tentou fazer a coisa certa e infelizmente a coisa deu errada,o que com certeza dará,pois esse pessoal do Nacional já teve um time como fabriciano,depois virou nacional,agora,tão querendo essa fusão,interesse estranho e ao meu ver duvidoso.Peço aos diretores que pensem bem antes de assinar qualquer contrato,depois pode ser tarde.Abraço e viva o E.C Mamoré.

  3. Um torcedor e conselheiro do Mamoré disse hoje no programa Bola na Rede que o Mamoré tem mesmo que fazer essa fusão, porque o time é muito prejudicado pelas arbitragens, ja pensaram se todos os times que se sentirem prejudicados pelos arbitros se fundirem com outros clubes, sobrará apenas um time no Brasil. Disse tambem que o Mamoré ficou com os mesmo 19 pontos de Patrocinense e URT e não se classificou, será que ele não leu o regulamento? Será que o Mamoré nunca foi favorecido por arbitragem? Será que ele se esqueceu que o Mamoré perdeu o julgamento do caso Vitinho, por incompetencia de pessoas de dentro do clube? Que se não fosse isso teria subido para a primeira divisão. Esse chôroro do pessoal do Mamoré ja está passando da conta!

  4. Está nascendo mais uma aberração no futebol mineiro, depois do Ituiutaba virar Boa Esporte e se mudar para Varginha, O Ipatinga virar Betim, mudar de cidade, e mandar seus jogos em Sete Lagoas. O Nacional que um dia foi Fabriciano, de Coronel Fabriciano, mudou para Nova Serrana, virou Nacional, transferiu para Patos de Minas, e virou Nacional de Patos. Agora esse Nacional fará uma fusão com o Mamoré, e se tornrá um so time. Tudo isso porque o Nacional não consegue torcedores, e o Mamoré não consegue subir para a primeira divisão, e seus torcedores e diretores não irão conseguir ver seu principal rival (URT) , e tambem o Nacional, que joga no Estadio do Mamoré, disputarem a principal divisão do Campeonato Mineiro. E assim caminha o pobre futebol do interior de Minas Gerais, com dirigentes so pensando em suas vaidades pessoais. Esse Nacional que tem como principal acionista o senador Zeze Perella, que um dia por vaidade inventou o Ipatinga, depois não o quiz mais e esse time acaba a qualquer momento, e fará o mesmo com essa aberação que está nascendo aqui em Patos, que talvez até nasça com o nome de Nacioré, ou quem sabe até mesmo Mamonal.

  5. Para mim se acontecer a fusão acabou nem vou mais ao estádio, o Mamoré vai acabar o CNPJ é do Nacional e ninguém está atento a isso.

  6. acho que e uma falta de respeito com o mamore s com nossa cidade. essa rivalidade vai acabar… a nossa paixao o nosso orgulho enfim o futebol de patos de minas… vcs da diretoria seram responsaveis por isso… podem ter certeza que irei cobrar ate o ultimo minuto… o nacional ja atrapalhou muito esse ano por favor fora nacional

  7. Existem coisas faceis de serem resolvidas, mas di´ficeis de serem entendidas. A união entre Mamoré e Nacional está acontecendo muito rápido, ou seja, com uma facilidade danada.Agora como explicar para os torcedores a verdadeira razão alem dos pros e dos contras? Lancem no noticiário escrito, falado e televisado o verdadeiro conteúdo do contrato para os torcedores tomarem cinhecimento.Se é que os dirigentes tenham este interesse. Cuidado, não estraguem tudo o que foi construido em muitos anos com muita dificuldade.Sejam sóbrios e prudentes principalmente quando a coisa não é so de voces.Espero que a diretoria do Mamoré aja com responsabilidade e respeito aos torcedoes e eo povo de Patos.

  8. Não vejo problema algum! O Mamoré continuará dono do seu patrimônio, de sua história e do seu destino enquanto clube de futebol! É uma equipe extremamente predestinada! Vejo essa possível fusão como mais uma grande jogada que vai promover o time aos grandes campeonatos nacionais, além de ficar livre desse malfadado Módulo 2,que é um verdadeiro filme de terror! Ao invés de pires na mão pedindo socorro financeiro, terá cotas de televisão, patrocinadores competentes financeiramente, time na primeira divisão, futebol júnior para valorizar jovens promessas! Além do mais, possui direTores extremamente habilidosos e experientes para esse tipo de negociação! Que eles decidam o melhor e, de preferência, sem opinião dos torcedores, o que implicará numa eterna, prejudicial
    e chatissima polêmica!!!!

  9. Hehehe mamore guem diria foi pedir ajuda ao nacional para poder disputar a primeira divisao,time sem tradicao e assim mesmo . Time gue jafechou as portas e para nao fechar novamente correu atras do nacional gue outro time sem tradicao. Por isso gue a nossa gloriosa urt sempre foi e sempre sera o time de orgulho dos patenses . Da lhe trovao azul.

  10. Sou de Uberlandia, não entendo quase nada de leis esportivas, mais estou sabendo que times do modulo 1 e tambem do modulo 2, estão se unindo e preparam para questionar judicialmente essa fusão entre Nacional e Mamoré. Pelo que estou sabendo, o que eles vão questionar não é propriamente a fusão, e sim o direito de ficar ou não no modulo 1.

  11. Patos de Minas que ja teve o Tupi do Walmir Gomes da Rocha, o São Vicente do Tião do Jaime, a Esportiva do Ailton, etc, agora se prepara para mais um ex time, o Mamoré. Digo isso, porque depois desta maldita fusão, não mais existirá o Esporte Clube Mamoré, e sim o Nacioré, ou Mamonal, Namoré, Macional, mais Mamoré não terá mais, assim como enterraram o nome Waldomiro Pereira, enterrarão tambem o nome MAMORÉ.

  12. Gostaria muito de ouvir a opinião de pessoas da imprensa esportiva aqui de Patos sobre essa fusão, até agora todos, sem exceção, apenas noticiaram, mais opinião mesmo, dissendo se acha certo ou errado, os pros e os contras, não falaram nada. Parece que estão todos em cima do muro. Acho isso muito estranho. Me lembro que quando começou essa coisa de times itinerantes pelo Brasil, principalmente em São Paulo com Barueri, mudando de cidade e de nome, Guaratinguetá, da mesma forma, Betim/Ipatinga aqui em Minas, sempre se ouvia comentarios a este respeito nos programas esportivos, e quase sempre de forma ironica, e com comentarios contra essas coisas. Agora que essa maldita coisa esta batendo em nossas portas, não se ouve nenhum comantario, apenas as noticias. Entrevistem torcedores, façam uma pesquisa, dêem suas opiniões, o assunto e palpitante, todos estão comentanto, e dando suas opiniões, menos os profissionais de imprensa.

  13. Como meia duzia de pessoas podem decisdir o destino de um clube como o E C Mamoré? Para fazer essa fusão a torcida tinha que ser consultada, atrves de pesquisas, todos os conselheiros tinham que vir a publico disser se são contra ou a favor, isso está muito mal explicado.

  14. O nome “Nacional” permanece na competição,. É ra abandonar msm! Se o mamore ganhar uma competição é considerado campeao o Nacional

  15. sr afranio ainda nao tem de concreto mais se tiver e se vocé for torcedor do mamore de verdade vai apoiar mais eu acho que vocé nao e mais vamos la alem dos profisionais mamore vai ter categoria de base e ai o mais importante porque patos de minas esta em um patamas para lançar jogadores vao ter as categorias de junior,juvenil,infantil onde pode ter alguns desses atletas revelado pelo mamore e com todo conhecimento dos diretores como ROGER e AMARILDO que foram diretores do cruzeiro e tambem o mamore num vai entrar numa barca furada meu querido ali nao tem amador e sim profisionais MAMORE TAMO JUNTO

  16. COMENTEI AQUI ANTES E NÃO PUBLICARAM MEU COMENTÁRIO, MAS A VERDADE É QUE O MAMORÉ – OS DIRETORES – ESTÃO SE PROSTITUINDO POR UMA VAGA NA PRIMEIRA DIVISÃO. É DESESPERO POR VEREM QUE O MAIOR RIVAL VAI CONSEGUIR O ACESSO E COM O NACIONAL TAMBÉM NA PRIMEIRA DIVISÃO, SABEM QUE VAI FICAR DIFÍCIL MONTAR UM TIME COMPETITIVO ANO QUE VEM! COMO TORCEDOR DA URT, NÃO ME INCOMODA ESSA FUSÃO, MAS CONCORDO COM OS COMENTÁRIOS DO AFRÂNIO PEIXOTO: UM TIME MAMBEMBE, QUE PULA DE CIDADE EM CIDADE QUERENDO LUCRO FÁCIL SEM OFERECER NADA EM TROCA, VAI MANCHAR OU MESMO ACABAR COM A HISTÓRIA DO MAMORÉ. DE QUALQUER FORMA, VAI SER MAIS UM FREGUÊS PARA FAZER A NOSSA ALEGRIA!!! CHICOTE AZUL NELES!!! VAMOS SUBIR URT!!!

  17. O Mamoré após dar vários passos rumo ao crescimento futebolístico profissional no senário nacional, com um estádio novo e com boas condições financeiras; agora está descendo ladeira abaixo com essa parceria ridícula. Não adianta os diretores vir com essa lenga-lenga de que vai ser bom pro Mamoré, pois o Nacional só tem uma coisa a oferecer ao Mamoré que é a vaga na primeira divisão. O que o Mamoré está fazendo é trazendo um hospede desconhecido até mesmo em minas gerais pra dentro de sua casa, tratando ele do bem e do melhor, dividindo todas as despesas e lucros, que ninguém sabe o que acontecerá futuramente. Espelhem no que aconteceu com o falido Ipatinga hoje Betim, o Zezé Perrela apoiou enquanto lhe rendia benefícios, depois virou as costas e hoje o Betim está onde está, falido, na segunda divisão mineira e terceira divisão brasileira e sem expectativa de crescimento, pois não tem torcida, leva o nome de uma cidade e manda os jogos em outra. E assim poderá acontecer com o Mamoré pois quando sua torcida crescia e muito, agora poderá diminuir, pois até agora não vi nenhuma vez a torcida esmeraldina ser consultada a respeito dessa fusão ridícula. Obs!! O Nacional foi fundado por um laranja do Zezé Perrela, e o que noticia é que o Zezé Perrela já está pulando da barca Nacional, por isso eles estão desesperados por esta parceria. Abram o olho torcida esmeraldina, pois ninguém sabe o acontecerá com a historia e o futuro do glorioso MAMORÉ…

Os comentários estão fechados.