Definidos os detalhes da segurança para o clássico de sábado

DSC_0273Reunião entre diretores de Mamoré e URT e representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Federação Mineira de Futebol e Brigada de segurança, para definir a logística para o clássico de sábado (23), às 18h, no Estádio Bernardo Rubinger.

“A finalidade da reunião é garantir ao torcedor, toda segurança necessária durante o espetáculo”, disse o Tenente Maia do CBM. Ficou definido que cada portão do Estádio terá um segurança que monitorá os torcedores em caso de emergência.

O tenente Vanderlei, da Polícia Militar, falou que os militares farão o controle do trânsito no entorno do Estádio e os torcedores serão fiscalizados na entrada, evitando que alguém entre com algum objeto proibido.

A torcida do Sapo ficará na área de cadeiras vermelha e verde e tribuna. Os torcedores da Celeste ficarão com o espaço reservado no setor de arquibancadas. Atrás do gol da entrada principal, não haverá torcedor, sendo isolado pela PM.

Os torcedores que portarem bandeiras só terão acesso com as mesmas, com suporte de PVC.

A carga de ingressos é de seis mil torcedores, com três mil para cada clube.

Estará em disputa o troféu “Grupo Vimaco e Edson Geraldo Gegê”, homenagem ao repórter panorâmico falecido em 2008.

Os portões deverão ser abertos a partir das 16 horas. Os ingressos no dia do jogo serão comercializados nas bilheterias do Estádio, devidamente identificadas (Mamoré e URT).

Antecipadamente o valor do ingresso será de R$ 20 reais, para as duas torcidas, no dia do jogo o preço passará para 40 reais.

Participaram da reunião: Beto Ribeiro, Julio Macedo, Luizão, Judas Tadeu e Sergio Tavares (Mamoré), Roberto Túlio de Miranda e Coronel Alves (URT), Tenente Maia (CBM), Tenente  Vanderlei (PMMG), Hilário Filho (FMF) e representantes da Brigada e Segurança.

Por: www.agesporte.com.br
Fonte e Fotos: Sérgio Tavares