Galo mantém há dez rodadas, a liderança do Brasileirão

O Atlético Mineiro lidera por dez rodadas consecutivas o campeonato brasileiro de 2012. Para um time que iniciou a competição como um mero participante, a trajetória pode ser considerada como extraordinária.

A sua pior colocação no certame, foi após a primeira rodada, mesmo assim com aproveitamento total em quinto lugar, perdendo para os que estavam na sua frente no saldo de gols, após vencer a Ponte Preta, em Campinas, por 1×0.

Depois disso foram duas rodadas em terceiro lugar, após a vitória contra o Corínthians, no Independência e o empate com o Bahia em Salvador. Na quarta rodada subiu para o segundo posto, ao vencer o Palmeiras, fora de BH. Caiu para o terceiro, pela única derrota até aqui, para o São Paulo, no Morumbi.

Os 5×1 em cima do Náutico nos “Aflitos” deu gás para o time retornar ao segundo lugar e, depois disso, a importante vitória no Sul contra o Grêmio, chegando ao topo para não sair mais.

Na sequência vieram cinco vitórias seguidas, diante da Portuguesa (em casa), Figueirense (fora), Internacional (em casa), Sport (fora) e Santos (em casa).

O empate com o Fluminense, no Rio e o jogo adiado com o Flamengo, que deveria ter sido disputado no “Engenhão”, não tiraram o Galo na primeira posição.

Os últimos jogos foram de vitórias de 1×0 contra o Coritiba e o Vasco da Gama, no Independência (Vasco era o vice-líder e perdeu essa posição para o Fluminense).

Além da força demonstrada em seus domínios, o Atlético tem feito a diferença fora de casa, com triunfos importantes.

COLOCAÇÕES

A campanha do Galo em 2012 não lembra, nem de longe, os sombrios números dos últimos cinco anos, com exceção. Senão vejamos:

Em 2011, após a 16ª rodada, o alvi-negro estava em 17º e terminou a competição em 15º.

Em 2010, ocupava a 18ª posição na mesma altura do campeonato e fechou sua participação em 13º.

Após a 16ª rodada em 2009, o Galo era o 2º e terminou em 7º.

Em 2008, o time de Cuca ficou em 12º, depois de passar pela 15ª posição na 16ª volta.

Finalmente em 2007, o Galo estava em 10º e fechou na 8ª posição.

Os números de agora são tremendamente favoráveis.

O torcedor só espera que a equipe se mantenha firme e continue a lutar pelas primeiras posições.

Não há nada definido. O primeiro turno nem terminou. Porém não custa ressaltar a campanha de uma equipe que, nas competições anteriores, brigava prá não cair…

Por: Adamar Gomes