Galo vence e mantém segundo lugar

Galo x Coritiba

O Galo conseguiu se recuperar no Campeonato Brasileiro. Vinha de dois jogos sem vitória e bateu o Coritiba neste domingo no Mineirão, pela 16ª rodada, porém não foi nada fácil. Jonilson marcou 1×0 aos 14 minutos e Diego Tardelli aumentou para dois aos 15. O Coxa reagiu na etapa final, empatando o jogo com Démerson aos 20 e Leozinho aos 36.

E na base do sufoco, o sofrimento da torcida atleticana teve fim com o gol de Renan Oliveira aos 43 minutos do segundo tempo. O Atlético chega a 31 pontos, três atrás do líder Palmeiras. Agora o técnico Celso Roth terá um prazo maior para preparar a equipe para o próximo compromisso, somente no dia 12 no Mineirão diante do Palmeiras, isto porque o jogo contra o Internacional foi adiado. O Internacional participa na quarta-feira da disputa da Copa Suruga no Japão, que reúne o vencedor da Copa da Liga do Japão e o Campeão da Copa Sul-Americana.

O Galo reencontrou o caminho da vitória com: Aranha, Carlos Alberto, Wérley, Welton Felipe e Thiago Feltri (Wellington Saci); Renan, Jonilson, Serginho e Evandro (Júnior); Éder Luís (Renan Oliveira) e Diego Tardelli. Treinador: Celso Roth.

Foram 26 mil 179 pagantes no Mineirão. Apitou Felipe Gomes da Silva (Federação Carioca).

Grêmio x CruzeiroCruzeiro leva de quatro no Olímpico

O Cruzeiro começou vencendo no jogo contra o Grêmio neste domingo no Estádio Olímpico, através de Wellington Paulista, na cobrança de pênalti aos 40 minutos, mesmo jogando dez.

Aos 18 do segundo tempo foi expulso o lateral direito Jonathan, que já estava com o cartão amarelo. O árbitro Evandro Rogério Roman agiu certo. Este foi o oitavo cartão vermelho para o Cruzeiro em 15 jogos do Campeonato Brasileiro. Observe que nas últimas cinco partidas, o time Azul jogou com dez em quatro delas.

A história da partida se transformou completamente do segundo tempo, com a expulsão do atacante Thiago Ribeiro, que fez falta em Túlio, no máximo para cartão amarelo, que o árbitro considerou como se tivesse acontecido uma cotovelada do jogador cruzeirense, errando na sua decisão.

Depois disto o que se viu foi o Grêmio no ataque e o Cruzeiro tentando se defender. O resultado foi uma goleada para a equipe gaúcha, com gols de Rever aos 13, Tcheco aos 19, Jonas aos 30 e Máxi Lopez aos 43, diante 13 mil 306 pagantes.

Cruzeiro levou a pior com: Fábio, Jonathan (expulso), Leonardo Silva, Thiago Heleno e Gerson Magrão; Fabrício, Fabinho (Soares), Henrique e Marquinhos Paraná (Bernardo); Thiago Ribeiro (expulso) e Wellington Paulista (EliCarlos). Treinador: Adilson Batista.

Na 15ª posição com 17 pontos e com um jogo a menos, o Cruzeiro volta a jogar na quarta-feira, na Arena da Baixada contra o Atlético Paranaense, às 19:30. O time rubro-negro está na zona do rebaixamento com 15 pontos.

Fonte: www.agesporte.com.br