Hora de acertos na URT

URT continua acertando com os jogadores, após a participação no Módulo II. Diretor de futebol Marlindo Basílio fez um balanço da atuação da Celeste na competição. Para ele, as inúmeras contusões tiveram um grande peso no momento decisivo. Ele lamentou principalmente a cirurgia do ídolo Ditinho e o  terceiro cartão amarelo de Robinho, o melhor da temporada, também na opinião do diretor.
– Vamos fechar as contas com tranquilidade. A diretoria trabalhou com os pés no chão, sem fazer besteira, disse Marlindo, em entrevista ao Bola na Rede da Rádio Clube.
Sobre a sua permanência no clube, Marlindo afirmou:
– Fico na URT só até amanhã, ajudando o presidente Robertinho. Depois farei uma viagem. Não atuarei mais como diretor, mas vou ajudar quando for convocado, sem ser da diretoria.
Marlindo Celso Basílio abordou ainda a intenção da URT de participar da fase seletiva do campeonato mineiro da categoria júnior, que terá reunião na próxima quinta-feira.
– Eu acho importantíssimo esse trabalho com categoria de base. Acho, no entanto, que esse não seria o momento, após uma desclassificação. Temos três patrocinadores para bancar o time no campeonato, faltando mais um. Mas, caberá ao presidente decidir. O que ele decidir vou acatar.
(AG)
Foto: Toninho Cury

6 ideias sobre “Hora de acertos na URT

  1. Segundo o Sr. Afranio Peixoto, “A URT SÓ TEVE BONS TIMES QUANDO UTILIZOU AS CATEGORIAS DE BASE”. Que eu me lembre a unica vez que isso aconteceu, foi em 2005, quando o Roberto Silva investiu, e trouxe varios jogadores do norte e nordeste do Brasil. E os que foram revelados (grande parte deles), nenhum era de nossa região. As categorias de base só dão resultado quando se faz o que o Roberto Silva fez, querer investir em categorias de base fazendo peneirada aqui na região nunca deu resultado. A salvação da URT é que o Roberto Silva, ou outro empresario do futebol voltasse a investir como foi feito naquela epoca.

  2. concordo com Afranio Peixoto quanto a limitação e parabéns a equipe por ido tão longe.Também queria muito que a URT participasse da seletiva – base Júnior…acho que é fundamental para o Futuro.
    e parabéns a diretoria da URT..o time foi guerreiro.
    abraços.

  3. Está na hora dos clubes de Patos se organizarem e buscarem incentivo pra base na Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte…. Araxá e Uberlândia já possuem toda sua categoria de base bancada pelo projeto! Só a titulo de conhecimento o novo projeto da base aprovado pelo ME ao Araxá é de R$ 2.8000,00 sendo qie o repasse todo sai da CBMM.

  4. FICO SATISFEITO EM SABER QUE A URT IRÁ FECHAR AS CONTAS COM TRANQUILIDADE ISSO É UM PONTO IMPORTANTE PARA O FUTURO DE QUALQUER CLUBE,É A DIRETORIA PENSANDO NO DIA DE AMANHA.AGORA RESPONDENDO A QUESTAO DO MARLINDO QUANTO A DISPUTA DA FASE SELETIVA DO MINEIRO DE JÚNIORES,EU NAO ACHO ‘TENHO CERTEZA’ QUE ELE ESTÁ COMPLETAMENTE ERRADO,SE TEM 3 PATROCINADORES ENTAO É HORA DE PARTICIPAR SIM,AGORA SÓ PORQUE SAIU DO MÓDULO II NAO PODE DISPUTAR NADA?É COM UM PENSAMENTO ARCÁICO DESSE QUE A URT NAO VAI PRA FRENTE,VAMOS TER MAIS CORAGEM E VONTADE DE FAZER AS COISAS E CONTRATAR MELHOR.SÓ LEMBRANDO NÓS PERDEMOS UMA LUTA NÃO UMA GUERRA!!!!!!

  5. Discordo do Diretor , segundo ele achar que esse não e o momento de disputar a seletiva do Mineiro .Por que quando se fala de categoria de base você tem que ter uma visão futuristica sobre o assunto , e disputando a seletiva agora terá conserteza alguns jogadores para o profissional no segundo semestre e para o ano que vem .

  6. Acho que a URT foi até longe no campeonato se compararmos o elenco aos demais de outras equipes.
    A diretoria trabalhou de acordou com as possibilidades financeiras do clube e fez o que pôde.
    Agora esse trabalho na base é fundamental e primordial para a formação de uma boa equipe. A URT só teve bons times quando utilizou as categorias de base, e acho que está na hora da diretoria conseguir juntamente com os patrocinadores um investimento para montar uma boa equipe e colher bons frutos no futuro.
    Parabens a diretoria pelo trabalho deste ano, que apesar de não ter alcançado o objetivo, foi brilhante, pois só de ter encarado esta missão dificil de manter uma equipe com todas as dificuldades principalmente finaceiras, consegue chegar ao final com as contas em dia.

Os comentários estão fechados.