Jogo emocionante em Fortaleza com viradinha no final. Holanda elimina México

México vencia por 1×0 até aos 42min do segundo tempo, quando Snejder finalizou de fora da área para decretar o empate. No último instante da partida no Castelão, virada holandeza com gol de pênalti de Huntellar.

dom1

Mais um jogo incrível nessa Copa do Mundo.

Holanda bateu o México por 2×1, de virada, no finalzinho. Muito calor em Fortaleza. Talvez por isso, os holandeses foram passivos no primeiro tempo.

O jogo só esquentou depois do gol do México, aos 3min da etapa final, com Giovanni dos Santos, pegando forte de fora da área.

Como única alternativa, a Holanda passou à ofensiva e obrigou o goleiro Ochoa, que fechou o gol contra o Brasil, a praticar pelo menos, duas defesas espetaculares.

Mexicanos cometeram um pecado mortal. Recuaram bastante e aceitaram a reação inimiga.

O prêmio para tanto esforço do time de camisa laranja foi recompensado aos 42min, com o golaço de Snejder, chutando forte no canto.

Quando tudo caminhava para mais uma prorrogação, o esperto Robben penetrou na área, foi tocado e o árbitro marcou pênalti, cobrando por Huntelaar, que entrara no segundo tempo.

Virada inapelável.

Houve duas paradas técnicas, aos 30min de cada tempo, por conta com calor em Fortaleza.

Holanda

Cillessen, Verhagen (Menphis Depay), Viij, Vlaar, Blind, Kuit; Djong (Indi), Wijnaldun e Snejder; Van Persie (Huntellar) e Robben. Treinador; Van Gaal.

México

Ochoa, Aguillar, Rodriguez, Marques, Moreno (Reys), Layen; Herrera, Salsido, Guardado; Peralta (Chicharito Hernandez) e Giovani dos Santos (Aquino). Treinador: Miguel Herrera.

Holanda classifica para as quartas-de-final.