Mamoré: A saga de mais um renascimento

saga-mamoreA saga da família esmeraldina, da passagem do antigo e, hoje inexistente Estádio Waldomiro Pereira, onde está o Pátio Central Shopping do Bretas,  para o novíssimo Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, às margens da Avenida JK, entre os bairros Ipanema e Planalto, é contada num resumo EXCLUSIVO do AG ESPORTE.

Foram momentos de expectativa e ansiedade, desde a última partida disputada pelo Mamoré em Maio de 2006, a suspensão de suas atividades com a consequente desistência dos campeonatos de 2007 e 2008, dentro de uma realidade financeira catastrófica até o momento atual de novas esperanças e de estrutura preparada para o retorno às competições esportivas.

O Campeonato Mineiro da Segunda Divisão é mais uma arrancada do Mamoré, após mais de três anos de inatividade. Mais um renascimento para o alvi-verde, que em 1990 voltava ao profissionalismo após 23 anos, começando na Terceirona e chegando à Primeira Divisão em 1992, no ano do Centenário de Patos de Minas.

Neste 13 de junho, o Esporte Clube Mamoré comemora os seus 60 anos de existência e reúne a família esmeraldina e os desportistas da cidade e região, para inaugurar o moderno Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz.

Confira a saga esmeraldina:

Reunião do dia 7 de setembro, que decidiu sobre a negociação do Estádio "Waldomiro Pereira"

22 de setembro de 2006

O E.C.Mamoré negociou o Estádio “Waldomiro Pereira” com a Rede de Supermercados Bretas, negociação que atinge a cifra de 4.7 milhões de reais. (Negociação aprovada pelo CD no dia 7/9/2006).

As negociações Mamoré/Bretas se arrastaram por vários meses, devido ao amplo trabalho exercido pela diretoria alvi-verde, no que diz respeito à documentação e mesmo a própria organização interna, envolvendo diretoria e conselho.

As contas passadas foram quitadas, somando cerca de 1 milhão 250 mil reais. O restante se encontra depositado em conta especial em nome da Rede de Supermercados, encarregada de erguer o novo Estádio, em terreno próximo à Avenida JK, entre os Bairros Ipanema e Planalto.

 

Estádio "Waldomiro Pereira"

29 de setembro de 2006

A qualquer momento começa a demolição do Estádio “Waldomiro Pereira”, que o E.C.Mamoré negociou com uma Rede de Supermercados.

Para o presidente do clube, José Soares Filho (Zezé do Cartório), “a negociação era a única saída para o clube alvi-verde, mergulhado em inúmeras ações trabalhistas e dívidas com fornecedores, INSS e outros”.

“O Mamoré precisa de um local mais apropriado, que espaço para campos de treinamento e mais conforto para os torcedores, salientou o presidente”.

Na verdade, o Estádio “Waldomiro Pereira” já estava vetado pela Federação Mineira de Futebol e Ministério Público, caso não fossem feitas obras necessárias para dotar o local de segurança para jogos oficiais, o que demandaria um projeto bastante dispendioso.

 

Desaparece o WP

25 de novembro de 2006

O Estádio “Waldomiro Pereira” está praticamente demolido. Em breve será erguido um shopping com hipermercado, de acordo com as negociações com a diretoria do Mamoré.

Quanto ao novo Estádio, o projeto deverá ser apresentado em breve. O novo local se situa ao lado da Avenida JK, entre os bairros Ipanema e Planalto.

 

Projeto do Novo Estádio do Mamoré

2 de janeiro de 2007

A diretoria do E.C. Mamoré apresenta fotos da maquete do novo Estádio, que começa a ser construído em março, ao lado da Avenida JK, entre os bairros Ipanema e Planalto.

 

20 de abril de 2007

Importante reunião do Esporte Clube Mamoré nesta quinta (19/4) na Sociedade Recreativa Patense, com a presença do Conselho Deliberativo e membros da diretoria executiva.

Na oportunidade, foi apresentado o projeto de construção do novo Estádio numa área de 67 mil metros quadrados, ao lado da Avenida JK, entre os bairros Ipanema e Planalto.

 

Antigas dependências do "Waldomiro Pereira"

6 de junho de 2007

Diretoria do E.C.Mamoré confirma para o dia 2 de julho, uma segunda-feira, o início das obras do seu novo Estádio, localizado às margens da Avenida JK entre os Bairros Ipanema e Planalto, numa área de 67 mil metros quadrados.

O Presidente do Grupo Bretas, empresário Estévan Duarte de Assis esteve na cidade para acertar os últimos detalhes da construção, que ficará a cargo do Departamento de Engenharia da referida empresa.

 

Esporte Clube Mamoré

13 de junho de 2007

Fundado em 1949, E.C.Mamoré completa hoje 58 anos de existência. Para marcar a data, diretoria mandou celebrar Missas na Catedral de Santo Antonio às 17 horas e às 19 horas nas Igrejas de Santa Terezinha e do Rosário.

Depois da negociação com o Grupo Bretas, Mamoré ficou sem o Estádio “Waldomiro Pereira”. O novo terreno adquirido, uma área de 67 mil metros quadrados, fica entre os Bairros Ipanema e Planalto, às margens da Avenida JK. A construção, segundo confirmação do Presidente José Soares Filho (Zezé do Cartório), inicia-se no mês de julho.

maio08-9-small2 de novembro de 2007

Continua a etapa de terraplenagem no terreno onde vai ser erguido o novo Estádio do Mamoré, às margens na Avenida JK, entre os bairros Ipanema e Planalto.

Está prevista para a próxima semana, o início da drenagem, juntamente com a instalação da caixa d’água de 36 mil litros, junto ao poço artesiano. É o novo projeto do Estádio.

 

Maquete do Novo Estádio do Mamoré

Maquete do Novo Estádio do Mamoré

25 de março de 2008

O novo Estádio do Mamoré deve ficar pronto em julho. A afirmação é do Conselho Gestor alvi-verde, com base nas últimas reuniões com a empresa encarregada das obras. Depois da terraplenagem, as obras propriamente ditas começam nos próximos dias.

A capacidade de público é para quase 10 mil torcedores, na primeira etapa. O gramado terá 100 metros de comprimento e 70 m de largura.

 

Placa comemorativa

13 de junho de 2008

Mamoré comemorou nesta sexta, dia 13 seu 59º aniversário, inaugurando o gramado do novo Estádio que está sendo construído ao lado da Avenida JK, entre os bairros Ipanema e Planalto. A inauguração do novo Estádio é aguardada ainda para este ano.

Homenageado José Miguel Barbosa

Homenageado José Miguel Barbosa

O novo gramado leva o nome de “José Miguel Barbosa”. O homenageado atuou como atleta do alvi-verde, sendo grande colaborador da equipe “periquita”. Zé Pequeno, como é conhecido, guarda até hoje com muito orgulho a faixa de primeiro campeão da Liga Patense de Desportos em 1956. A final histórica foi diante da URT.

A programação de aniversário constou de Celebração de Missa,  inauguração do gramado e churrasco de confraternização entre os “esmeraldinos”,  com a música do Grupo de Pagode “Sovaco de Cobra”.

As obras continuam em rítmo acelerado. O terreno esmeraldino ocupa uma área de 67 mil metros quadrados. O Estádio, na sua primeira etapa, terá capacidade para cerca de 10 mil torcedores.

grama527 de junho de 2008

O Mamoré não vai participar do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão (Terceirona) deste ano. Foi o que ficou decidido na reunião de ontem entre diretores e conselheiros. Presença de 21 conselheiros, sendo que 20 votos foram pela não-participação.

O foco do alvi-verde está na conclusão das obras do novo Estádio e só depois é que vai se preocupar na formação do time.

26af9a20a1a2213da096692ea9d0cc8324 de julho de 2008

A construção do novo Estádio do Mamoré segue com normalidade, dentro do que foi previsto pelos engenheiros. A obra deverá ser entregue em meados de setembro, mas a inauguração propriamente dita, não tem data marcada pela diretoria do clube esmeraldino.

Mais de cem operários trabalham nos vários setores da obra, como arquibancadas, cadeiras, bares, portaria, vestiários, cantinas, cabines de Rádio e TV, torres de iluminação, estacionamento e outros.

obras25 de agosto de 2008

A diretoria do Mamoré divulgou comunicado oficial à imprensa e aos torcedores do clube sobre a decisão sobre o nome do novo Estádio, que está sendo construído ao lado da Avenida JK, entre os bairros Ipanema e Planalto. “Bernardo Rubinger de Queiroz” será o nome da Arena do Mamoré, que terá inauguração dentro de aproximadamente três meses.

“Não há como transcrever todas as ações por ele promovidas em prol do Clube, mas possível é relatar ter sido o mesmo, o grande idealizador para que o Clube voltasse às atividades em 1987, após um longo período de inatividade”, diz o comunicado alvi-verde, ressaltando: “também ter sido o grande incentivador para que o Clube se profissionalizasse e figurasse na primeira divisão do futebol mineiro; foi ele o “braço direito” dos presidentes Washington Ribeiro, José Alves Filho, Mauro Siqueira de Moura, Adalto Antonio Gonçalves, Júlio Maria Macedo França e tantos outros”.

A nota do Mamoré vem assinada por Antonio Limírio de Araújo, Edson de Sousa Soares, José Peres de Castro, José Severo, Sandoval Amâncio de Araújjo e pelo presidente José Soares Filho (Zezé do Cartório).

torre20 de outubro de 2008

O sistema de iluminação do Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz passou nos testes de avaliação e está pronto para ser utilizado, com 80 luminárias, divididas em 20 em cada uma das quatro torres.

A potência dos refletores é de 800 Lux – unidade de medida de iluminação do sistema internacional – acima, inclusive dos padrões da FIFA.

imagem-017-small6 de novembro de 2008

A diretoria do Esporte Clube Mamoré abriu o Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz nesta quinta, à noite, para testar a iluminação interna e verificar o foco dos oitenta reflectores, divididos nas quatro torres, com o objetivo de alcançar o máximo de proveito dos 800 lux (que é a unidade de iluminação de um lúmem por metro quadrado).

14 de novembro de 2008

O Conselho Deliberativo do Mamoré reuniu-se nesta quinta, dia 13, para alteração estatutária, aprovada por todos os membros efetivos.

Além do Sócio Contribuinte, que paga a sua mensalidade e tem direito a voto, foi criada a classe de Sócio Proprietário, que terá direito a voto e de ser votado.

Mais um capítulo na história da construção do novo Estádio do Mamoré foi escrita hoje com a chamada entrega técnica por parte da Construtora ao Grupo Bretas e à diretoria do Clube.

Trata-se de uma inspecção geral em todos os setores da obra, como uma auditoria, em que são checados todos os ítens e anotados aqueles que terão que passar por uma modificação para a entrega definitiva das chaves.

O Mamoré foi representado neste ato pelos senhores Antonio Limírio de Araújo, Sandoval Amâncio (Sandó), José Severo (Coração), José Peres e José Armando Resende.

Acesso ao Estádio pela Avenida JK19 de dezembro de 2008

O tempo chuvoso dos últimos dias está provocando atraso nas obras do Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz. Por isso fica muito difícil antes do Natal a execução da última etapa da construção, como o acesso pela Avenida JK.

Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz23 de dezembro de 2008

O Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz estará aberto neste sábado, dia 27, para visitação. A construtora responsável pela obra deverá concluir em dez dias, alguns pequenos reparos para a entrega definitiva.

As áreas interna e externa serão asfaltadas, bem como o acesso pela Avenida JK e a realização das obras vai depender do estado do tempo, atualmente com muita chuva.

Na negociação com a Empresa Bretas, o Mamoré ainda receberá R$ 512 mil reais, que serão depositados na próxima segunda-feira na conta do clube alvi-verde.

s6300149-small19 de abril de 2009

A diretoria do Mamoré marcou para o próximo dia 22, o lançamento da programção dos 60 anos do clube, que serão completados no dia 13 de junho. No encontro, o presidente José Soares Filho (Zezé do Cartório) vai apresentar toda a sua equipe de trabalho e o grupo encarregado da área de marketing, que está trabalhando para definir os eventos a serem realizados.

O ponto alto será a inauguração do novo Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, praticamente pronto, faltando pequenos detalhes no setor de vestiários e o asfaltamento dos dois acessos, pela Avenida JK e Bairro Ipanema, assim como a área destinada ao Estacionamento, o que será concluído nos próximos dias.

Sapão (ao fundo)23 de abril de 2009

Mamoré lança o Projeto 2009, evento realizado nesta quarta no Decor Fest, com a presença de diretores, conselheiros, torcedores, autoridades, ex-atletas, imprensa e convidados especiais. Diretoria anunciou o período de 8 a 13 de junho para que seja definida uma data para inauguração oficial do Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz.

O alvi-verde está confirmado no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão e aguarda a definição da FMF para o conhecimento do número de participantes e da tabela de jogos.

s6300247-small9 de junho de 2009

A equipe do AG Esporte esteve nesta terça, dia 9, no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, que será inaugurado no próximo sábado, dia 13, a partir de 9 horas. A programação começa com Celebração de Santa Missa e segue com a inauguração oficial do Estádio e o Churrascão Verde e Branco com sorteio de uma Moto zero quilômetro.

AG

obs.: Em caso de reprodução, favor citar a fonte: www.agesporte.com.br

3 ideias sobre “Mamoré: A saga de mais um renascimento

  1. Parabens pela materia, ficou muito boa.
    essa historia do mamoré e muito bonita, um time de tradição, historia no futebol, esta voltando agora pra ficar.
    Vamo q vamo sapooooo

  2. Trata-se de uma materia historica que, devera ser guardada nos arquivos de todos que se dizem desportistas! Parabens equipe do AGesporte por mais essa brilhante materia.

Os comentários estão fechados.