Mamoré faz contatos com equipes do ABC paulista

O Conselho Gestor do Mamoré continua trabalhando para realizar os acertos financeiros com relação às questões trabalhistas. O assessor geral para assuntos do futebol, Paulo Amâncio e Beto Ribeiro, um dos membros da direção, estiveram em Santo André defendendo o clube numa ação impetrada pelo preparador físico Rovane Medeiros.

“A pendência já está resolvida”, afirma Paulinho, acrescentando que “O Mamoré não tem mais problemas com questões trabalhistas no momento. Temos pendências trabalhistas, mas com prazos estabelecidos pela lei”.

Aproveitando a viagem, Beto e Paulinho estiveram com a alta direção do Santo André e conversaram sobre futuras parcerias. Foram realizados contatos ainda com a direção do São Caetano e com algumas pessoas ligadas ao Corínthians, mas nada ficou definido.

“As coisas estão caminhando da forma que a gente esperava”, diz Paulinho, que coloca como próximo passo, a constituição do novo conselho deliberativo e da diretoria executiva, dentro do prazo estipulado pelo estatuto do clube.

O Conselho Gestor do Mamoré, formado por Guilherme Abdul Castro, Antonio Limírio de Araújo, Elton Castro Alves, Júlio Macedo e Beto Ribeiro, escolhido no dia 28 de abril, prioriza no momento a campanha da venda dos bilhetes do sorteio do lote, que acontecerá no dia 11 de junho.

Conforme o AG Esporte já noticiou, dois jogadores que pertencem ao Sapo, Josimar e Gilberto, foram  emprestados ao Goiânia e Uberlândia, respectivamente, sem qualquer ônus e com salários pagos pelos contratantes. Com isso, o clube esmeraldino desafoga a folha de pagamento e tem a possibilidade de, numa negociação futura, obter vantagem. No caso do zagueiro Josimar, a sua multa rescisória é de R$ 200 mil reais. O Atlético Goianiense, campeão estadual da presente temporada, é uma das equipes interessadas no jogador e vai observá-lo no Goiânia.

Por: Adamar Gomes
Foto: Toninho Cury