Mamoré goleia Nacional de Muriaé no hexagonal do Módulo 2

_DSC8284

Goleada de 5×1 do Mamoré prá cima do Nacional Atlético Clube, de Muriaé, no “Bernardo Rubinger”, pela 9ª (penúltima) rodada do hexagonal final do módulo 2 do campeonato mineiro. Verdão foi melhor em todo o tempo de jogo e o marcador, por incrível que pareça, poderia ter sido maior.

Antes da abertura do marcador, aos 28 minutos, com Evandro, o Sapo criou pelo menos cinco oportunidades de marcar, duas com Jonathan Reis, e outras com Luizinho, Evandro e Michel.

O único gol do Nacional foi anotado aos 34 minutos, através de Douglas, cobrando falta, com barreira. Esse foi o resultado do primeiro tempo: 1×1.

No segundo tempo, só deu Mamoré e a superioridade, aí sim, foi traduzida em gols (4). Luizinho fez aos 9, um golaço, chutando do “meio da rua”. Aos 20, Wellington na pequena área, marcou o terceiro. Nailson, num contragolpe falta, aproveitou o lançamento de Luizinho, para se ver cara a cara com o goleiro, finalizando no cantinho. O zagueiro Gilson, aos 42 fechou a conta, depois de um bate-rebate: 5×1.

O zagueiro Michel contundiu-se no segundo tempo, atingido na cabeça e relutou em ser substituído. Mesmo com o choque, o jogador queria permanecer na partida e sua substituição foi recomendada pelo Dr. Thales Caixeta, para o bem do atleta, que deixou o campo aos prantos e aplaudido pela torcida, pela sua demonstração de compromisso com o grupo.

Ressalte-se o trabalho do treinador Wallace Lemos na condução não só do time em campo, mas do grupo todo, dentro e fora das quatro linhas, mesmo com as limitações impostas desde o início da competição, em termos de número de jogadores para o elenco e o lado financeiro, que tem sido a grande preocupação da diretoria.

O presidente Júlio Macedo tem reconhecido em todas as suas entrevistas,o trabalho da comissão técnica e dos jogadores, mesmo com os salários atrasados.

Deu tudo certo para o Mamoré, que espera que o domingo também seja favorável, com os resultados dos rivais Uberaba e Democrata.

Mamoré

Bernardo (substituiu a Cleisson, que havia recebido o terceiro cartão amarelo no último jogo); Bruno, Michel (que se contundiu, entrando Gilson), Rafael e Charles; Nailson, China, Luizinho e Evandro (Vander); Jonathan Reis e Wellington (CA) (Henrique) (3º CA). Treinador: Wallace Lemos.

Nacional

Paulo Vítor, Fabrício (Vaguinho), André Luís, Ricardo Nunes e Douglas (CA); Anderson Toto, Danilo (CA), Leandro Caixeta (CA) e Souza (CA) (Adiel); Michel Tuick (CA) (Paulo) e Rodrigo. Treinador: Wantuil Rodrigues.

Árbitro: Ígor Júnio Benevenuto; assistentes: Pablo Almeida Costa e Felipe Souza Leal.

Outros jogos

América recebe em Teófilo Otoni, nesse domingo (8) a equipe do Uberaba, às 10 da manhã. O Mamoré fica na torcida para que o Uberaba não vença, para que o Verde ainda tenha chance de brigar na última rodada, contra o mesmo Uberaba, por uma vaga no módulo I do ano que vem.

Às 16h, no Parque do Sabiá, outro time que pode chegar a 16 pontos, o Democrata de Governador Valadares, terá pela frente o Atlético Uberlândia, que vai apenas cumprir tabela.

Classificação

Com a vitória neste sábado, o Mamoré foi a 12 pontos e 3 vitórias, aumentando o saldo de gols para 5, com 17 gols marcados e 12 sofridos, indo para o terceiro lugar, atrás de Uberaba e Democrata, que jogam no domingo.

Uberaba é o líder com 13 pontos e 4 vitórias, seguido pelo Democrata com os mesmos 13 pontos, mas com 3 vitórias.

Nacional vem a seguir com 11 pontos e 3 vitórias. O América de Teófilo Otoni caiu o quinto lugar com 11 pontos e 2 vitórias. Atlético Uberlândia é o último com 6 pontos.

Por: www.agesporte.com.br
Fotos: Toninho Cury