Mamoré prepara denúncia contra Ipatinga na FMF

A diretoria do Mamoré se pronunciou a respeito de irregularidade no Ipatinga, na disputa do módulo II do campeonato mineiro. Para a equipe patense, o jogador Leanderson (foto) teria atuado com terceiro cartão amarelo, configurando perda de pontos. Direção esmeraldina espera que a própria FMF denuncie o Ipatinga e através de medida administrativa tire os pontos daquela agremiação.

O Presidente Beto Ribeiro concedeu entrevista nesta quarta-feira ao programa Bola na Rede, da Rádio Clube:

– A gente espera que a Federação faça a justiça e ainda hoje tire três pontos do Ipatinga. De qualquer maneira, nós nos precavemos e montamos um processo. Nosso advogado é o mesmo do América de Belo-Horizonte. O Tombense também está junto conosco. O advogado do Tombense é o mesmo do Atlético Mineiro. Caso a FMF não denunciar, vamos entrar com essa denúncia ainda hoje na FMF, afirmou o presidente Beto Ribeiro, do Mamoré.

A diretoria alvi-verde analisou todas as súmulas dos jogos do Ipatinga. Após essas pesquisas, o presidente Beto Ribeiro chegou  à seguinte conclusão:

– O jogador tomou o primeiro cartão amarelo no jogo contra o Social, o segundo diante do Tricordiano, ainda na primeira fase e o terceiro contra o Mamoré. No primeiro jogo contra o Social, ele tomou o amarelo e depois o vermelho direto. Não foram dos amarelos, de acordo com o que está na súmula. O amarelo e depois o vermelho, direto. Lá tá muito claro.

Após o suposto terceiro cartão amarelo diante do Mamoré, Leanderson voltou a atuar contra o Araxá no Vale do Aço, ocasião em que o Tigre foi derrotado por 1×0 pelo Araxá, no último dia 25, uma quarta-feira.

Nesse jogo, Leanderson Collonia Fraga, deixou o campo para a entrada de Vinícius Kiss e não foi escalado para o jogo seguinte, contra o Tombense, no último sábado, dia 28, quando a equipe quadricolor venceu por 3×1.

Adamar Gomes – www.agesporte.com.br
Foto: Site do Ipatinga F.C.