Mil dias para a Copa 2014

Faltam mil dias para a Copa do Mundo de 2014. Desde a escolha do Brasil como sede em 2007, o que não faltam são polêmicas, demoras, críticas de superfaturamento e greves.

As obras do Maracanã (hoje) estão paralisadas por greve e o Estádio terá que estar pronto para a Copa das Confederações em 2013.

O palco de abertura nem foi definido ainda. São Paulo reivindica a solenidade para a Arena do Corínthians em Itaquera, que há pouco teve suas obras iniciadas. Brasília e Belo-Horizonte também estão na “briga” para abrirem o Mundial.

Nesta sexta, dia 16, as obras do Mineirão (foto) estarão paralisadas: é a greve. A presidente Dilma Roussef e o Ministro do Esporte, Orlando Silva, estiveram na capital mineira. Participaram de cerimônia de anúncio de investimentos no metrô, obra incluída no PAC – Programa de Aceleração do Crescimento. (AG)