Rio Branco de Andradas se afasta das competições da FMF

Estádio Parque do Azulão - AndradasEm reunião realizada no último sábado (31/10), a diretoria do Rio Branco de Andradas resolveu abandonar o Módulo I do Campeonato Mineiro de futebol. Não houve acordo com a Prefeitura daquela cidade para algumas pendências relativas ao Estádio Parque do Azulão e uma possível permuta de terreno com o município, o que daria ao Rio Branco a gestão definitiva de sua praça de esporte.

Na última terça (3/11), a diretoria do Rio Branco enviou ofício à Federação Mineira de Futebol comunicando a decisão. A Nota salienta: “Comunicamos à V.Sa., que não compareceremos à reunião do Conselho Técnico designada para o próximo dia 11, tendo em vista que não participaremos do próximo Campeonato Mineiro de Futebol da Primeira Divisão de Profissionais. Solicitamos licença para permanecer afastados de competições oficiais, por tempo indeterminado”, conclui a nota.

A diretoria do Azulão enviou ao prefeito de Andradas, o seguinte ofício:

“Comunicamos à V.Excia., que não mais temos interesse em continuar como comodatários no Estádio Municipal JK. Após a retirada de nossos pertences e a supressão do local, de todas as alusões ao Rio Branco e ao nome Parque do Azulão, devolveremos as chaves à Prefeitura. Consequentemente, fica prejudicada a proposta de permuta cujo processo se encontra em trâmite pela Câmara Municipal. Solicitamos que V.Excia., doravante, negocie diretamente com a empresa imobiliária S N Ltda., a aquisição da totalidade da gleba que comporá o lote I do Distrito Industrial.

Arbitral

O Conselho Técnico da Federação Mineira de Futebol reúne-se dia 11, quarta-feira, para tratar do Campeonato do Módulo I de 2010. Com a saída do Rio Branco de Andradas, a FMF deverá promover uma equipe do Módulo II deste ano. Após Ipatinga e Caldense, campeão e vice e garantidos no Módulo I do ano que vem, o direito deve ser do América de Teófilo Otoni, terceiro colocado do Módulo II. Porém, vamos ter que aguardar a palavra oficial da FMF.

Por: Adamar Gomes