Sapo e Poeira concentrados para o clássico

URT e Mamoré realizaram treinamentos secretos na sexta-feira e os treinadores já têm os times definidos para o clássico, que será disputado neste domingo (12), às 16h, no Estádio “Zama Maciel”, na abertura do campeonato mineiro do módulo II. No entanto, as escalações só serão anunciadas momentos antes da partida.

Como Zezito e Erick Moura não abrem o jogo, cabe a especulação.

A URT deverá utilizar a formação com três zagueiros, pois é o que foi apresentado durante todos os amistosos. Danilo Mendes e Eraldo estão certos, ficando a dúvida entre Gilson Baiano e Carlão. França no gol, Leandro e Dido (ou Jean) nas laterais. No meio, Renan, Joilson e Paulinho Belém. No ataque, Robinho parece ter garantido sua escalação, restando a dúvida entre Rodriguinho, que ainda não mostrou todo o seu futebol e Ditinho, que é o artilheiro do clássico.

O Mamoré tem Tiago Wanderson e Tiago Oliveira para o gol, Paulinho e Jonathan Machado para a zaga, além de Diego Rafael, que tem boas chances de entrar. Ranner joga na esquerda. Na lateral direita existe um ponto de interrogação, porque Ricardo não esteve bem contra o Gama e foi substituído por Leandro Guerreiro; no meio: Tiago Carvalho, Marcelinho, Evandro e Jouberth, sem descartar Vasconcelos. Na frente, Augusto César parece ter assegurado a posição, juntamente com Jonathan ou Maxsuel (Maxgol). Jonathan entrou contra o Cruzeiro e mostrou serviço. Contra o Gama, houve o revezamento entre ele e Maxsuel.

Concentração

Lagoa Formosa e Carmo do Paranaíba abrigam os dois elencos na véspera do jogo. Mamoré em Lagoa, URT em Carmo e só virão no domingo a Patos de Minas para o confronto das 16h no “Zama Maciel”.

Desde 1991, depois que o Mamoré retornou ao profissionalismo em 1990, são 35 partidas disputadas, com retrospecto amplamente favorável aos azúis, de 14 vitorias, 14 empates e 7 vitórias do Verde. O que vai valer mesmo é nas quatro linhas, com muita disputa das equipes tradicionais de Patos de Minas (URT fundada em 1939 e o Mamoré em 1949).

Zezito vai para seu quinto clássico (3 vitórias e 1 empate). Erick Moura é estreante no confronto.

Arbitragem

Cleisson Veloso Pereira apita o clássico pela primeira vez (árbitro CBF/FMF). Será auxiliado por Pedro Araújo Dias Cotta e Flamarión Sócrates da Silva. Quarto árbitro: Sílvio Monteiro Braga (Liga Patense).

Por: Adamar Gomes