Sexta Rodada: Atlético líder. Seleção com novidades.

Maior goleada de ontem: Coritiba 5 x 0 Flamengo - (foto globoesporte.com)

Maior goleada de ontem: Coritiba 5 x 0 Flamengo – (foto globoesporte.com)

A sexta rodada foi a de melhor média de público. 16 mil por estádio. O Atlético-MG é o novo líder. Os paranaenses também venceram e saíram das últimas posições. O Cruzeiro perdeu mais uma. Os piores resultados foram de Flamengo e Avaí. O Avaí ainda não venceu no Brasileiro. O Flamengo levou cinco do Coritiba no Couto Pereira. Nossa seleção joga esta semana no esquema 3-6-1. Não é bem uma retranca. Temos dois meias habilidosos e que atuaram praticamente na área dos adversários ontem. Dois volantes que vão se firmando como os melhores da competição. Confira.

Os destaques da sexta rodada:

Felipe – Fechou o gol e garantiu o empate para o Corinthians no Serra Dourada.

Victor – O azar de Victor é que o Brasil tem dois ótimos laterais na seleção brasileira  – Maicon e Daniel Alves. Voltou ao time do Goiás neste domingo e trouxe muita qualidade.

Rafael Santos – Firme quando o Sport atacou o Atlético Paranaense. E ainda fez o gol da vitória do Furacão na Ilha do Retiro.

Rafael Marques – Muito seguro quando acionado.

Rodrigo Heffner – Melhor em campo na vitória do Coritiba. Dois passes para gol e participação constante nos ataques do Coxa.

Márcio Araújo – Novamente o melhor do meio campo do Atlético. Deixou de novo sua marca.

Cristian – Perfeito nos desarmes.

Júnior – Mais uma boa partida. Com liberdade para atacar. Também fez gol contra o Náutico.

Cleiton Xavier – Foi o jogador de inteligência na virada do Palmeiras contra o Cruzeiro.

Ewerton – Ontem foi o destaque na virada do Barueri sobre o Avaí. Deu uma assistência e fez um dos gols.

Keirrison – Voltou a marcar duas vezes num jogo. Boa presença contra o Cruzeiro.

Celso Roth – Ganhou nesta rodada o duelo com Valdemar Lemos e Renê Simões. O time está mais arrumado taticamente em campo.

Seleção - Sexta Rodada (arte - agesporte.com.br)

Seleção – Sexta Rodada (arte – agesporte.com.br)

Você já sabe. Esta montagem é apenas uma idéia para que você faça a sua equipe. Escale o seu time. Deixe sua opinião.

(MG)

7 ideias sobre “Sexta Rodada: Atlético líder. Seleção com novidades.

  1. Batista, voce tem toda razão, o Marcelo está mesmo de parabens, é de pessoas como ele que a imprensa esportiva de Patos precisa, porque a maioria absoluta (salvo algumas excessões) da imprensa local é composta de pessoas DONAS da verdade.

  2. Prezado Marcelo Gomes – a sua proposta de interagir com os torcedores num “diálogo” de alto nível tem se tornado um marco na imprensa regional. O caminho é esse: nenhum de nós somos os únicos donos da verdade em matéria futebolística – a verdade absoluta não existe, depende de como a vemos e a interpretamos.
    Parabéns pelo sucesso da “coluna” e pela diversidade de opinião sobre o esporte, em especial, o futebol…

  3. Mais uma vez dois jogadores do GALO estão na seleção da rodada, e na minha opinião do Tardelli deveria estar tambem, além de ser atilheiro, é um otimo “garçom”. Fico pensando nos “comentaristas” fazedores de tipo que existem por ai, devem estar com a cabeça quente!

  4. Para os Flamenguistas, como o “É Fraco”, L. Tavares e o Bruno Fernandes, não ficarem decepcionados dos 20 jogos que fez em Curitiba nessa década, o Flamengo perdeu 16, ganhou 3 e empatou um. Foram 16 gols marcados e 51 gols sofridos. E as três vitórias foram sobre o Paraná, que hoje está na Série B. Contra a dupla Atletiba, foram 13 derrotas (nos últimos 13 jogos) e um empate. Contra o Furacão, aliás, o Flamengo não consegue uma vitória em Curitiba desde 1974. Para o Coxa, já são 11 anos de tabu no Couto Pereira.
    Alguns placares “ilustrativos”:
    11/08/2001 – Atlético-PR 4 x 0 Flamengo
    25/05/2003 – Atlético-PR 4 x 1 Flamengo
    01/06/2003 – Paraná 6 x 2 Flamengo
    10/08/2003 – Coritiba 5 x 0 Flamengo
    07/12/2008 – Atlético-PR 5 x 3 Flamengo
    14/06/2009 – Coritiba 5 x 0 Flamengo

  5. A Seleção da Rodada é boa, mesmo que o “É Fraco” diga o contrário. Discordo só quando o articulista diz que o Brasil tem 2 ótimos laterais pela direita – o Maicon e D. Alves são apenas laterais esforçados e estão na Seleção por atuarem no futebol europeu.
    Quanto ao sucesso do Atlético (até a 6a. rodada), ele se dá devido à mentalidade/estratégia do Celso Roth em priorizar/utilizar as características individuais de cada jogador, primeiro na parte defensiva e depois na ofensiva – tem dado certo esse equilíbrio – Atlético é líder e tem, ao lado do Santos, o melhor ataque da competição…

  6. Tenho que falar apenas do que eu assisti. Júnior e Márcio Araujo jogaram o fino da bola.

Os comentários estão fechados.