URT absolvida… Mamoré aguarda novo julgamento

As comissões disciplinares do Tribunal de Justiça Desportiva estiveram reunidas nesta terça para julgamento de inúmeros processos.

URT

URT foi absolvida na 4ª Comissão Disciplinar, no artigo 213, que prevê pena em perda de mando de campo.

No jogo do turno nesta segunda fase do Módulo II contra o Poços de Caldas no “Zama Maciel”, um torcedor atirou uma garrafa plástica de água mineira em um dos assistentes do árbitro. O torcedor foi identificado e apresentado pela diretoria celeste.

A absolvição não foi surpresa para o presidente Sérgio Vita, que se mostrou tranquilo desde a publicação do edital e certo da realização do jogo de sábado diante do Guarani de Divinópolis no Estádio “Zama Maciel”.

MAMORÉ

O julgamento referente aos processos em que estava incurso o Mamoré aconteceu na 3ª Comissão Disciplinar.

Os atletas foram julgados. Josimar, expulso no jogo em Itaúna, foi absolvido. Juninho Lopes foi suspenso por duas partidas e o roupeiro Buiú levou trinta dias de suspensão, pelo entrevero com o atacante Berg, do Funorte, que foi absolvido, referente ao jogo entre eles no último dia 24 no “Bernardo Rubinger”.

VITINHO

Sobre o caso VITINHO, os processos foram retirados de pauta. Mamoré está incurso no artigo 214, nos jogos contra o Tombense (21/4) e Funorte (24/4). O motivo do adiamento do julgamento foi a divergência de documentos.

O contrato do atleta está em vigor até 11 de junho, em duas das três vias do documento. A primeira via é do atleta e a segunda, do clube. A terceira via, arquivada na FMF, tem data diferente, com vencimento do contrato no dia 11/4, graças a uma rasura “grosseira”.

A Comissão Disciplinar quer analisar os documentos originais para fazer o seu julgamento.

ADVOGADO

No entendimento do advogado Antonio Sérgio, que fez a defesa, “a decisão foi sensata. O TJD quer ver a cópia original do contrato. Isto evitaria eventuais recursos posteriores”.

Continua o advogado: “o erro é grosseiro, de rasura, na data do contrato arquivado na FMF. Isto tem que ser apurado.”

Sobre as provas do Mamoré, Dr. Antonio Sérgio afirma que elas são “favoráveis” à equipe patense.

A Sessão especial do Tribunal acontece na segunda-feira, às 18 horas.

Enquanto isto, o Mamoré volta as suas atenções para o jogo deste sábado em Tombos, 16 horas, diante do Tombense.

Por: Adamar Gomes

Uma ideia sobre “URT absolvida… Mamoré aguarda novo julgamento

  1. Acredito que a federação esta querendo derrubar uma das equipes de Patos de Minas,pois a possibilidade das duas equipes de Patos subir para elite do mineiro e muito grande.

Os comentários estão fechados.