URT decide enfrentar o Atlético no Estádio Bernardo Rubinger

urt no brq

Diretoria da URT anunciou nesta sexta (12) que a partida da Celeste contra o Clube Atlético Mineiro, pela quinta rodada, no sábado, dia 27, às 17h, será disputada no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz. Lembrando que nessa data, o Mamoré estará atuando em Patrocínio, pelo Módulo II, às 16h, diante da Sociedade Esportiva Patrocinense.

O anúncio oficial foi feito na secretaria do Clube, no Estádio Zama Maciel, com a presença do presidente Roberto Túlio Miranda, membros da diretoria, representantes do marketing, conselheiros, representantes da torcida organizada e o representante da diretoria do Mamoré, Júlio Macedo.

Roberto Miranda afirmou que é sabedor que “muitos torcedores são contra levar o jogo para o Estádio do Mamoré, o grande rival”. Lembrou que a capacidade do Estádio Bernardo Rubinger é maior e que “a URT teria lá, mais condição de obter uma arrecadação maior, mesmo com a locação a ser paga à diretoria alviverde”.

A capacidade do Bernardo Rubinger, oficialmente, é de 8.732 pagantes, enquanto o Zama Maciel abriga, 4.858 torcedores.

Segundo o presidente Celeste, houve ainda um encontro com representantes da torcida organizada para que o acerto pudesse ser concluído. Ígor Cunha, representante da torcida, falou que “a decisão de se tirar o jogo do Mangueirão não agrada muito à torcida”, mas que compreendia a decisão da diretoria, “que espera atrair torcedores não só de Patos de Minas, mas de toda a região”.

O representante do Mamoré, Júlio Macedo, acrescentou que “ficará sob controle do Mamoré, as vendas dos bares e o que for arrecadado no estacionalmento.”

O representante do marketing, Roberto Vital, falou sobre as placas de publicidade do Estádio e as placas oficiais do campeonato mineiro que “serão todas montadas no Estádio Bernardo Rubinger”. “Os sócios-torcedores da URT terão acesso livre, como se fosse no Zama Maciel”, acrescentou Vital, sendo que “os que adquiram cadeiras, ocuparão o setor de tribuna no Estádio do Mamoré”.

O valor do contrato não foi revelado, porém o presidente Roberto Miranda prometeu que essa cifra ainda vai ser revelada para todos os torcedores.

Júlio Macedo lembrou que “o Mamoré já atuou no Estádio Zama Maciel, quando o antigo Estádio Waldomiro Pereira não possuía reflectores”. Outros dois amistosos do Sapo teriam sido realizados no Mangueirão, no passado. A última locação do Mamoré para utilização do Estádio da Avenida Brasil foi em 2002, para enfrentar o Cruzeiro, pela Liga Sul-Minas. Na oportunidade houve um público de quase quatro mil pagantes e o Cruzeiro saiu-se vencedor por 2×1.

Por: www.agesporte.com.br
Foto: Toninho Cury

4 ideias sobre “URT decide enfrentar o Atlético no Estádio Bernardo Rubinger

  1. Acho que a diretoria da URT errou porque o Galo mandará o time reserva assim como fez com o Guarani em Divinópolis e por isso quase nenhum atleticano da região irá deslocar de sua cidade para prestigiar Pablo, Mansur, Carlos César, Henrique, etc… Agora se Robinho, Lucas Pratto, Victor, viessem, seria outra história

  2. Parabéns às diretorias pela iniciativa! Será muito bom tanto para a URT quanto para o Mamoré. A rivalidade é só dentro de campo, fora dele as diretorias têm que ser unidas!

Os comentários estão fechados.