URT encerra série de amistosos com vitória frente ao Tricordiano

_DSC1098 (Small)A dez dias da estreia no módulo II do campeonato mineiro, URT realizou seu último amistoso, com vitória frente ao Tricordiano por 2×1, na noite dessa quinta-feira (7) no Estádio “Zama Maciel”.

A Celeste começou melhor e abriu o placar aos 25 min, com o meia Émerson. Na etapa final, o time azul diminuiu o ritmo e o Tricordiano conseguiu o empate, aos 17 min, gol de Vagner. Aos 20, o meia Zé Maria (URT) foi expulso pelo árbitro Antonio Carlos de Melo (ele já havia recebido o cartão amarelo). Mesmo com dez, URT conseguiu o segundo gol, aos 42 min, através do zagueiro Martinês.

Luís Eduardo optou por uma formação com três zagueiros, com Martinês, Reginaldo e Luizão. Várias alterações foram feitas, em mais um jogo-teste. O Tricordiano, do técnico Gilson Batata, aproveitou o amistoso, também para dar oportunidades a jogadores jovens, já que o time considerado titular faz pré-temporada no sul de minas.

Ficha

URT 2×1 Tricordiano

Gols: Émerson (URT) aos 25 do 1º tempo; Vagner (Tricordiano) aos 17, de pênalti, e Martinês (URT) aos 42, no 2º tempo.

URT: Cristiano (Wagner Bueno), Martinês, Reginaldo e Luizão; os laterais Iran e Marcel; Xandinho (Diogo Marzagão), Émerson e Zé Maria (expulso); Robinho (Peri) e Leandro Bocão (Augusto César). Treinador: Luis Eduardo.

Tricordiano: Cleison, Mener, Pedro, Wesley (expulso) e Zezão; Catorta, Ribeiro, Sorriso e Vítor Hugo (Roberto); Vagner e Luizinho. Treinador: Gilson Batata.

Árbitro: Antonio Carlos de Melo; assistentes: Miller César Ferraz e Bruno Alves Ribeiro (trio da Liga Patense de Desportos).

Demissão

O Presidente Clayton Lima, da URT, deixou a presidência. Assume um dos vices, Júlio Cezar Vilela Pereira (Tenente Vilela).

Por: Adamar Gomes
Reportagem: Geovane Machado
Fotos: Toninho Cury e Silvano Souza

_DSC1125 (Small) _DSC1096 (Small) _DSC1099 (Small) _DSC1100 (Small) _DSC1105 (Small) _DSC1107 (Small) _DSC1116 (Small)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5 ideias sobre “URT encerra série de amistosos com vitória frente ao Tricordiano

  1. tem q deixar claro que o tricordiano estava com os reservas dos reservas, pois o time titular ficou no sul do minas, aí dá pra ver o nível do time da urt.

  2. absurdo! clayton foi usado como bode espiatorio,todos sabiam
    que e’ uma pessoa de boa indole porem nao conhece nada do futebol,porque colocarao entao! que venha a publico os que se dizem donos do clube e se pronunciem!afinal nao queriao renovar, agora no meio do caminho,puxao o tapete dele!ta de volta quem sempre manda. boa sorte ao tenente vilela,que tambem e’ da nova geraçao e que deixem trabalhar.

  3. Este luiz eduardo é fraco. Quem escalava e mandava no Araxá c é o marcelo Araxá. Se ele fosse bom , tinha ficado lá, uai.fui emtofos os jogos e ele não deu padrão de jogo para o Trovão.Boa sorte ao presidente e troca este técnico logo, pois o cara num vai subi duas veiz seguida.

  4. Time ridículo!
    Vão cair os 2.

    Rola um boato que o Presidente saiu por conflito com o técnico, q é apoiado pela diretoria.

  5. Aqui em Patos existe uma mania de querer esconder as coisas, o presidente não renunciou por motivos particulares, ele renunciou porque desentendeu com o treinador Luis Eduardo, primeiro foi a realização da preliminar no sabado, e agora foi o veto do treinador ao jogador Mario, do Araxá, que inclusive está indo para o Mamoré, esse foi o verdadeiro motivo da saida do Clayton

Os comentários estão fechados.