URT mantém escrita e vence o clássico

URT chegou à vitória neste sábado, dia 12, diante do Mamoré no Estádio “Bernardo Rubinger”, por 2×0, gols de Ditinho e Robinho, na abertura do campeonato mineiro do módulo II. Foi o 34º confronto entre eles, desde 91, agora com 13 vitórias da Veterana, sete do Sapo e 14 empates.

Mamoré começou melhor e no primeiro minuto criou uma grande oportunidade com Peterson, que errou na pontaria. Em seguida, o goleiro Leonan, da URT, tirou com pé a finalização de Niltinho. A Veterana perigou  aos 32 minutos, com Ditinho, numa jogada de Bill.

Aos 45 minutos, o lance das expulsões. O atacante Adriano, da URT atingiu a André Alagoano sem bola e este revidou. O árbitro Alício Pena Júnior expulsou o atacante Adriano e se enganou ao expulsar o meia Esquerdinha, do lado alvi-verde. O primeiro tempo terminou com uma bola na trave de André Alagoano, para o Sapo.

No segundo tempo, a partida continuou movimentada com inúmeras oportunidades de gol, a maior parte criada pelos anfitriões. A URT com mais objetividade foi quem achou o caminho do gol. Aos 34 minutos, Ditinho recebeu, fintou o adversário, ajeitando para a perna esquerda e disparou no canto esquerdo do goleiro Leandro. Foi o oitavo gol do atacante nos confrontos clássicos.

Aos 44, o Trovão Azul voltou a marcar. Robinho, que substituiu a Ditinho, recebeu a bola na área entre cinco adversários e conseguiu se antecipar à marcação e bater para o fundo do gol (2×0). Depois disto, Josimar perdeu a cabeça, cometeu falta violenta e recebeu o cartão vermelho, deixando seu time com nove.

No final, o treinador Zezito ressaltou a tranquilidade de sua equipe e o sentido de “conjunto”, que prevaleceu para a conquista da vitória, agradecendo ainda a torcida pela participação.

O treinador Luís Eduardo, com muita consciência, falou da “incompetência” de sua equipe nas finalizações, usando aquela velha frase do futebol de “quem não faz, leva”, cumprimentando o adversário pela conquista.

Alício Pena Júnior apitou, auxiliado por Júnior Antonio da Silva e Gincarlo Machado. Renda: R$ 36.548,00. O público “anunciado” foi de 2.851 pagantes. Com certeza, havia mais (é só conferir nas fotos).

A URT conquistou a vitória com: Leonan, os zagueiros Diogo, Bill e Iago (Léo); os alas Filhão e Ranner; no meio Thiago Santos, Hugo e Celinho (Paulinho Belém); na frente Ditinho (Robinho) e Adriano. Treinador Zezito. Cartões amarelos para: Bill, Ranner, Hugo e Ditinho e vermelho para Adriano.

O Mamoré perdeu a primeira na nova casa para a Veterana, com: Leandro, os zagueiros Josimar, Diego (Luís Muller) e André Alagoano; os alas Peterson e Bruno Morais; no meio Rudson (Indinho), Leandro Guerreiro e Esquerdinha; na frente Mateus Lucena e Niltinho (Washington). Treinador: Luís Eduardo. Cartões amarelos para Rudson e Mateus Lucena e vermelho para Esquerdinha e Josimar. Juninho Petrolina, que estava no banco, também foi expulso, no finalzinho do primeiro tempo, no entrevero entre Adriano e André Alagoano.

Outros jogos

Também neste sábado, pelo Módulo II, Grupo A, Patrocinense bateu o Ituiutaba no “Júlio Aguiar” por 1×0, gol do artilheiro Cinézio. Pelo Grupo B, em Tombos, Tombense e Itaúna empataram em 1×1. A rodada será completada neste domingo, dia 13.

Os gols da partida…
mam0x1urt-ditinho

mam0x2urt-robinho

Confira também a nossa Galeria de Fotos…

Por: Adamar Gomes
Fotos: Toninho Cury

11 ideias sobre “URT mantém escrita e vence o clássico

  1. REALMENTE, UM GRANDE JOGO, O ESQUEMA DE SEGURANÇA FOI ÓTIMO, IDÊNTICO AO DOS GRANDES JOGOS (QUEM JÁ ASSISTIU ATLÉTICO X CRUZEIRO E PALMEIRAS X CORINTHIANS SABEM COMO FUNCIONA) E COM MUITA PARTICIPAÇÃO DAS TORCIDAS, COM RESPEITO, E A DISPUTA ACIRRADA DOS ATLETAS. NÃO FALTOU NADA NO JOGO, SOBRARAM ALEGRIA E TRÊS PONTOS PARA A VETERENA.
    “O FREGUÊS VOLTOU” E O “BERNARDÃO” TAMBÉM É DO TROVÃO!!!!
    CHICOTE, CHICOTE AZUL NELES!!!!

  2. COMO DISSE ,VOCES ACHAM MELHOR GANHAR DO MAMORE DO QUE SUBIR PARA A PRIMEIRA,NOS SOMOS O CONTRARIO PREFERIMOS SUBIR,E PERDER SEMPRE PARA OS …,POR ISSO ESTAO HA SETE ANOS NA SEGUNDONA.

  3. Para que os torcedores do mamoré se conformem com mais uma derrota, eu como torcedor da URT resolvi colocar esta manchete: “MAMORÉ JOGOU COMO NUNCA, PERDEU PARA A URT COMO SEMPRE”.

  4. Estatisticamente falando o clássico patente é desde a decada de 50 e 60, e de lá pra o Mamoré tem mais de 15 vitórias.

    Classico é classico desde que surgiu o classico, não somente na era profissional, não sei pq a imprenssa so divulga o profissional.

  5. Estive em Patos só para assistir ao JOGO e fiquei muito feliz com tudo o que envolveu esta partida e parabéns a torcida do URT pela empolgação..voltarei sempre.

  6. O FREGUES VOLTOU! FOI DO JOGO DOS ERROS E ACERTOS A URT ERROU MENOS E VENCEU, A REGRA E CLARA QUEM NAO FAZ TOMA!
    DA LHE TROVAO AZUL

  7. Uma das maiores injustiças que ja vi, um time que perdeu no minimo 12 chances claras de gol,parece piada aqueles atacantes do mamore,mostrou que a urt é um time muito ruim, isso ninguem pode duvidar, e como sempre a urt venceu o mamore e para seus torcedores o campeonato acabou,certamente como nos ultimos anos nao vao ganhar de ninguem,opa acho que contra o fluminense deve ganhar pq o time é pior que a urt,

  8. Prezados,
    A estatística divulgada nesta matéria tem um pequeno equívoco: Nos confrontos desde 1991 são 35 jogos com 14 vitórias da URT, 7 do Mamoré e 14 empates.
    Na matéria de cobertura do primeiro clássico do ano passado (20/01/10) aparece uma estatística coerente com a que estou repassando.
    Dá-lhe URT!!!!

    RESPOSTA: Prezado Vicente. Aí vai o link que mostra os resultados dos clássicos, desde 91… confira… Confrontos. Obrigado pela sua participação.

Os comentários estão fechados.