URT perde para o Voltaço e está fora da série D/2016

3 (Custom)

Volta Redonda 2, URT 0, foi o resultado da partida decisiva entre as duas equipes no grupo B11, da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, disputada no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. No jogo de ida em Patos de Minas, houve empate em 1×1. Com isso, o Voltaço jogava com a vantagem do 0x0, mas acabou fazendo dois gols, que levaram a equipe do Estado do Rio, para a terceira fase da competição.

A URT mostrou um bom futebol no primeiro tempo, mas encontrava dificuldades em penetrar na defesa, muito bem postada, do Volta Redonda, que tentava descer no contrataque. A defesa da URT estava segura e o marcador na etapa inicial ficou 0x0.

Magela Rodrigues mexeu no Trovão Azul para o segundo tempo, colocando Rico no meio campo em lugar de Yan Gomes. Guilherme entrou pela lateral  direita, substituindo a Emerson, que havia recebido o cartão amarelo.

O Voltaço abriu o placar aos 4 minutos, com o atacante Deivid atirando para as redes, após cobrança de falta de Michel Cury.

A situação piorou ainda mais, para a URT, com a expulsão do zagueiro Luan, que pegou um adversário sem bola, aos 23 minutos. E prá completar, Guilherme, também foi expulso, infantilmente, aos 36.  O Volta Redonda também teve um jogador excluído da partida. Airton entrou em lugar de Pernão e logo recebeu o primeiro amarelo, porque o segundo foi quando chutou a bola prá longe, depois do apito do árbitro, marcando um impedimento.

O segundo gol foi anotado no tempo de acréscimo, aos 46, com João Cleriston. E assim a URT terminou a partida, pecando no segundo tempo, quando conseguiu chutar uma só bola perigosa, com Michel Paulista, contra o gol de Mota.

A URT termina a competição de cabeça erguida. Apesar da derrota nesse último jogo, o balanço é plenamente satisfatório. Contra o mesmo Volta Redonda teve dois empates (0x0) e (1×1) e duas derrotas (1×0) e (2×0).

Por outro lado, venceu o campeão capixaba, Desportiva Ferroviária por (2×1) no Zama Maciel e (1×0) no Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, Espírito Santo. E contra o Goianésia, um dos representantes de Goiás, foram duas goleadas da Poeira: (3×1) em Goianésia e (4×1) no Mangueirão.

Volta Redonda

Mota, Luiz Gustavo (Pedro Isidoro), Daniel, Márcio e Cristiano; João Cleriston, Marcos Júnior e Michel Cury; Dija Baiano, Deivid (Pedroso) e Pernão (Airton). Treinador: Felipe Surian.

URT

Pablo, Émerson (Guilherme), Luan, Cocada e Yuri (Cássio); Yan Gomes (Rico), Alê e Diogo Capela; Pedrinho, Tony e Michel Paulista. Treinador: Magela Rodrigues.

Apitou o jogo, Alinor Silva da Paixão, auxiliado por Marcelo Grando e Jackson Timóteo Lopes, todos da Federação do Mato Grosso.

No final da partida, houve o desabafo do treinador Felipe Surian, da equipe do Volta Redonda,no microfone da Rádio Clube, quanto a possíveis declarações do técnico Magela Rodrigues, que a URT conseguiria golear o adversário. Surian chamou Magela de “falastrão”. Já Magela, lamentou quando foi cumprimentar o treinador do Volta Redonda, e esse virou as costas, além de proferir um palavrão. “Isso é que não pode acontecer no futebol”, salientou Magela. “Eu não ofendi ninguém”, disse o treinador Celeste, esclarecendo que foi mal interpretado por declarações feitas numa emissora de Patos, que segundo ele, “não leva meu trabalho muito a sério e acabou repercutindo lá”.

AG Esporte
Informações: Jairo Andrade, Marcos Machado e Toninho Cury
Fotos: Toninho Cury

 

Uma ideia sobre “URT perde para o Voltaço e está fora da série D/2016

  1. O resultado foi o de menos, a URT entrou no campeonato para assegurar a vaga para 2017 e foi longe, e o trabalho renderá muitos frutos, com muitos bons jogadores, que poderão compor a equipe ano que vem. O Magela demonstrou ter muita qualidade, conhece futebol e surpreendeu a muitos com sua filosofia de trabalho e esquema de jogo. Parabéns a todos os diretores, jogadores e comissão técnica, o ano de 2016 foi marcante para a URT. Agora é planejar bem a equipe para os três campeonatos do ano que vem: Mineiro, Copa do Brasil e novamente Série D, de preferência, com destaque positivo em todos!

Os comentários estão fechados.