Uruguai acabou com a mão na Taça

Uruguai conquista o título da Copa América no Monumental de Nuñez, Buenos Aires, com o placar de 3×0 diante do Paraguai na decisão, gols de Forlan (2) e Suárez. O triunfo coloca os uruguaios com o maior número de conquistas na competição, 15, contra 14 dos argentinos. Num campeonato em que Brasil, Argentina e Uruguai eram apontados como as grandes forças, pelo menos uma prevaleceu até o final, apesar do começo ruím.

O Paraguai, que eliminou a seleção canarinho, chegou à final, após cinco empates e com vitórias apenas na disputa de pênalti, caindo neste domingo para o melhor futebol dos uruguaios.

O brasileiro Sálvio Spínola Fagundes Filho ainda deu uma ajudazinha no apito para os paraguaios, mas não adiantou.

Terceiro lugar

No sábado, em La Plata, o Peru ficou com o terceiro lugar ao vencer a Venezuela, por 4×1. Guerrero, um autêntico finalizador marcou três para o time peruano. O outro gol foi de Chiroque. Arango anotou o único para os venezuelanos. Peru mostrou crescimento na Copa América.

A Venezuela foi outra surpresa agradável. Começou empatando em zero a zero com o Brasil e chegou ao primeiro lugar do Grupo B, na fase classificatória. Passou pelas quartas e caiu nas semifinais, quando merecia ter vencido. E, na disputa do terceiro lugar, não foi nem a sombra do time vibrante que havia conquistado os torcedores, quer dizer, voltou a ser a velha Venezuela.

Campeão: Uruguai
Vice: Paraguai
Terceiro lugar: Peru
Quarto: Venezuela
Enquanto isto, brasileiros e argentinos foram as grandes decepções. Muito se esperava de Messi e companhia limitada, Ganso, Neymar, Robinho, Pato e outros tantos… desafinaram…

(AG)