Willie Gonser

Willie Gonser e Adamar Gomes

Na foto, um dos principais narradores esportes, Willie Gonser, em uma de suas passagens pelo Estádio “Zama Maciel”, acompanhando o Atlético numa partida contra a URT em 2006, pela Rádio Itatiaia de Belo-Horizonte.

Willie deixou a Itatiaia em 2009, em pleno desenrolar do Campeonato Brasileiro.

O narrador encerrou definitivamente sua carreira como cronista esportivo, no dia 8 de dezembro de 2009, quando se despediu no programa de Orlando Augusto, na TV Horizonte.

HISTÓRIA

Willy Fritz Gonser nasceu em Curitiba, filho de pai alemão e mãe paranaense. Começou no rádio em outubro de 1953, na Rádio Marumbi, de Curitiba, onde atuava em comerciais, programas musicais e outros, menos esporte. Em abril de 1955 é que o mandaram cobrir um jogo e ele já começou como narrador.

No Paraná passou também pelas rádios Curitibana, Paranaense, Independência, Clube e Paiquerê, de Londrina.

Em 1960 foi contratado pela Rádio Gaúcha de Porto Alegre, onde transmitiu as Copas de 1962 (Chile), 1970 (México) e 1974 (Alemanha).

Em 1976 foi para a Rádio Nacional do Rio, por quem transmitiu a Copa da Argentina em 1978, ao lado do José Carlos Araújo o “Garotinho”.

Em 1979 foi contratado pela Rádio Itatiaia e transmitiu as Copas de 1982 (Espanha), 1986 (México), 1990 (Itália), 1994 (Estados Unidos), 1998 (França), 2002 (Coréia/Japão) e 2006 (Alemanha).

ALCOBAÇA

Willie Gonser declarou que vai curtir a sua aposentadoria na cidade praiana de Alcobaça, no extremo sul da Bahia. Willie garante que nunca mais vestir uma calça comprida. Agora é só bermuda e chinelo (como escreveu o jornalista Chico Maia em seu blog).

Despedida de Willie Gonser – 1ª parte

2ª parte

3ª parte