Arquivo: Treinador do Peixe jogou no Mamoré

claudinei (Small)ARQUIVO: Claudinei Oliveira, treinador do Santos, jogou pelo Mamoré em 1993. Para dirimir dúvidas e decidir apostas, é ele mesmo.

Claudinei Oliveira dos Santos, nasceu em Santos, no litoral paulista, em 19 de setembro de 1969. Atuou pouco pelo Santos.

Defendeu o gol do Jaboticabal, Nacional de Uberaba, Mamoré, Araguari, Central Pinhalense, Caldense, Olímpia, Portuguesa Santista, São Bento, Remo, Tuna Luso, Nacional de São Paulo e novamente Central Pinhalense.

Como treinador, teve a primeira oportunidade no Sub-17 do Santos, em 2009, passando pelo Sub-17 e Sub-20 até chegar ao profissional.

No Mamoré, o goleiro Claudinei estreou num amistoso no dia 30 de janeiro de 1993, diante do Juventus de Minas (1×1) no “Waldomiro Pereira”.

O treinador era Bajoso, que adotou a princípio o revezamento dos goleiros, tanto é que Ronaldo Souza atuou no primeiro amistoso, vitória esmeraldina sobre o Nacional de Uberaba por 2×0.

Ronaldo Souza foi escalado nas próximas cinco partidas, até a queda do técnico Bajoso, após a derrota de 3×1 para o Araxá, pelo Campeonato Mineiro da Primeira Divisão.

Com a queda de Bajoso, assumiu, interinamente, José Maria França, que optou pela escalação de Claudinei, que voltou à posição no empate com o Uberaba em 0x0, em Patos de Minas, no dia 28 de fevereiro. No jogo seguinte, iniciou seus trabalhos o técnico Ciro Luís, que manteve Claudinei com a “‘1”.

A partir daí, ele teve uma sequência de sete jogos pelo campeonato Mineiro: CAP 2×1 Mamoré, Mamoré 1×0 URT (gol de Adilson Baiano), Nacional 0x1 Mamoré, Uberaba 0x1 Mamoré, Mamoré 1×0 Araxá, Mamoré 2×2 Uberlândia.

Em seguida, houve dois amistosos diante do Unaí, com duas vitórias do Mamoré: 3×0 em Patos de Minas e 1×0, em Unaí.

Veio o Torneio Incentivo Edmar Francisco Pires e Claudinei jogou como titular: Mamoré 1×1 CAP, Mamoré 0x3 Atlético B, Vila Nova 0x0 Mamoré, Mamoré 2×2 Atlético TC, Mamoré 2×1 Sete de Setembro, Juventus de Divinópolis 1×1 Mamoré, CAP 1×1 Mamoré, Mamoré 1×3 Vila Nova, Mamoré 0x2 Atlético B. Esse jogo foi o último de Claudinei pelo Mamoré, no dia 13 de junho de 2013.

Na partida seguinte, 16/6 contra o Atlético de Três Corações (0x0), Carlos foi o goleiro.

Vários jogadores atuaram com Claudinei no Sapo. Os laterais Lôra e Marco Aurélio, os zagueiros Silvestre, Dutra, Marcelo, os jogadores de meio-campo Rubinho, Adalto, Toninho, Bigu, Edi Carlos no meio. No ataque atuavam Adilson Baiano, Timbet e Valnei. Outro jogador de destaque naquela época foi o meia Zé Divan.

Tá no Arquivo do AG.

Por: www.agesporte.com.br

Uma ideia sobre “Arquivo: Treinador do Peixe jogou no Mamoré

Os comentários estão fechados.