URT está atenta quanto às acusações do presidente do Minas

DSC_3131A diretoria da URT está atenta quanto a representação feita pelo Minas Boca junto à Federação Mineira de Futebol, acusando a equipe patense de um possível suborno a um de seus jogadores, para facilitar o resultado da partida. Segundo o presidente Roberto Túlio de Miranda, o advogado Lucas Otoni já está constituído para acompanhar o caso.

O Presidente do Minas Boca, Edson Eustáquio Ramos – Paredão, afirmou no microfone da Rádio Clube, antes da partida contra a URT, que um representante da Celeste havia ligado para o Hotel onde estava a sua equipe, oferecendo R$ 15 mil reais para cada um de seus atletas, para facilitar o jogo.

O contato teria sido feito com o atleta Reginaldo. Paredão garantiu ainda, ter uma gravação dessa conversa.

No dia seguinte, em Sete Lagoas, numa entrevista ao setelagoas.com.br, o presidente do Minas afirmou que o valor oferecido foi de R$ 10 mil reais ao zagueiro Reginaldo.

Veja matéria

Na quarta-feira, o advogado Lucas Otoni postou em seu twitter:

“Paredão denuncia suborno de R$ 10 mil da URT para jogador do Minas Boca na última rodada”.

“Sou advogado da URT e o primeiro interessado em que se apure a denúncia.”

“Lembrando que calúnia é crime e que eventual acusação indevida também pode configurar infração disciplinar. Estou curioso para ver as supostas provas.”

O supervisor Valtinho Souza, que teve seu nome envolvido e citado pelo presidente do Minas, também está ansioso para ouvir a referida gravação e promete tomar providências na Justiça contra essa acusação, segundo ele, “totalmente descabida”.

Por: www.agesporte.com.br

7 ideias sobre “URT está atenta quanto às acusações do presidente do Minas

  1. Este senhor presidente do Minas Boca, é uma pessoa muito influente, comprou este time do Minas ainda neste ano e como não conseguiu nem se manter na primeira divisão, armou essa para URT, não é atoa que esse Senhor veio junto com esse time horrível do minas no dia do jogo, veio para preparar tudo já que sabia que seu timinho não tinha condições de se manter na 1º, eu como torcedor estou preocupado por que sabe-se que com influencia e dinheiro se consegue tudo nesse pais principalmente no futebol!!!!

  2. Como assim eu moro em Sete Lagoas esse cara aqui tem a pior fama do mundo.
    Todos os jogadores do MINAS BOCA na segunda feira após o jogo foram ao ministério do trabalho para audiência contra o Minas Boca eu vi quando o senhor PAREDAO comprou o Minas ele disse que era um investimento e era só pra ganhar dinheiro deu tudo errado agora quer atrapalhar a URT FIQUEM LIGADOS.

  3. Há e o suposto Valtinho fala em fazer um pênalti 10 vezes. Aí tinha que combinar com o goleiro para não defender o pênalti, e com o resto do time para não fazer gols. isso é ridículo.

  4. AG coloca uma gravação com a voz do Valdinho para mostrar que a da gravação é totalmente diferente. Que gravação mal feita. O jogador só fala sei. Tá muito forçado.

  5. O cara comprou o Minas por 1 milhão , não conseguiu fazer o time prosperar e apelou por que perdeu R$. Agora vi num jornal que tem 2 valter e o advogado do Minas citou o valter errado .citou o Valter da Patrocinense. Tem alguma coisa errada nessa empresa Mnas Boca!!! Desespero pelo prejuízo?

  6. Estranho muito estranho tudo isso. Melhor a URT se cuidar, porque resultado de tribunal é sempre surpreende.

Os comentários estão fechados.