URT perde em casa para o Cruzeiro e entra na zona do rebaixamento

princ-290315-u
Cruzeiro derrotou a URT no Estádio Zama Maciel por 2×0, na tarde deste domingo, pela 10ª rodada do campeonato mineiro, em sua primeira fase. Foi a última apresentação do Trovão Azul em casa no Estadual.

Os gols foram marcados no segundo tempo por Marquinhos aos 6 minutos e Joel aos 49.

O primeiro tempo deixou a desejar na parte técnica. Poucos lances de emoção. Os times ficaram devendo.

Na etapa final, melhorou um pouco, com os gols cruzeirenses, mantendo a liderança do campeonato e duas finalizações de Júnior Paraíba,para a URT, enfim aparecendo o goleiro Fábio.

Muito pouco pelo que esperava do jogo.

Pior para a URT, que perdeu duas posições e entrou na zona do rebaixamento. A última partida será fora de casa, em Juiz de Fora diante do Tupi. Com uma vitória, a URT permaneceria no Módulo I, independente dos outros resultados.

Ficha

URT – Fernando, Rafinha, Martinez, Carciano e Edu Pina; Marzagão, Formigoni, Júnior Paraíba e Marcel (Bruno Donizete); Ramón (Wellington) e Robinho (Robson). Treinador Eugênio Souza.

Cartão amarelo para Marzagão e Formigoni.

O zagueiro Marcus Vinícius, que se contundiu no treino de sexta-feira, não teve condições de atuar, sendo substituído por Martinez. Outra mudança foi a entrada de Marcel, improvisado no meio-campo.

Cruzeiro – Fábio, Ceará, Manoel, Léo e Gilson; Willian Farias e Charles (Eurico); Marquinhos, Marcos Vinícius (Joel) e Judivan (Gabriel Xavier); Leandro Damião. Treinador: Marcelo Oliveira.

Gilson recebeu cartão amarelo.

Árbitro: Ígor Júnio Benevenuto; assistentes: Celso Luiz da Silva e Leonardo Salvador da Silva.

Por: www.agesporte.com.br
Fotos: Sérgio Tavares

Democrata vence Mamoré com gol de pênalti em Governador Valadares

princ-290315-m

Em sua penúltima apresentação no campeonato mineiro 2015, Mamoré foi a Governador Valadares e perdeu para o Democrata por 1×0, no Estádio Mamood Abbas, gol marcado por João Paulo, na cobrança de pênalti, aos 8 minutos do segundo tempo.

Com o técnico Pael, o time esmeraldina vinha de dois bons resultados, uma vitória de 4×0 sobre o Tupi no Bernardo Rubinger e o empate na última quarta-feira, dia 25, no Mineirão, contra o Cruzeiro – 1×1.

A equipe não teve a mesma postura apresentada em Belo-Horizonte, apesar do bom início, criando algumas situações de gol. O Democrata entrou disposto a conseguir um resultado positivo, pela situação na tabela e acabou deixando a zona de rebaixamento, mostrou serviço no segundo tempo, principalmente.

Ficha

Democrata – Fábio Noronha, Osvaldir, Ricardo Duarte, Rodrigo Lima e Denilson; Marcel, Júlio César, Paulinho (Flávio Lopes) e Kaio (Hamilton); João Paulo (Rodrigão) e Leandrinho. Treinador: Gilmar Estévan.

Mamoré – Gilberto, Bruno Limão, Pablo, Juliano e Denilson; Maxsuel (Esquerdinha), Radar, Erick (Flávio) e Luizinho; Charles e Jonathan Reis (Bruno Aquino). Treinador: Pael.

Rodrigo Lima e Leandrinho receberam cartão amarelo na equipe do Democrata.

Apitou o jogo, Renato Cardoso Conceição, auxiliado por Frederico Soares Vilarinho e Augusto Magno Ramos.

Com a derrota, o Mamoré perdeu uma posição, continuando com 8 pontos, duas vitórias e déficit de 9 gols e só depende de si para escapar do rebaixamento. Para isso, tem que vencer o Guarani, para continuar no Módulo I em 2016.

Fato lamentável foi o foguetório nas proximidades do Hotel em que o Sapo estava concentrado em Governador Valadares, incomodando jogadores e comissão técnica durante a noite de sábado para domingo.

Por: www.agesporte.com.br
Fotos: Toninho Cury

 

Araxá bate Tricordiano no início do hexagonal do Módulo II

eq.pos.Começou no sábado, o hexagonal decisivo do Módulo II do campeonato mineiro. Araxá jogou no Fausto Alvim e ganhou do Tricordiano, de virada.

Márcio César abriu o marcador aos 26 minutos para a equipe de Três Corações. O empate do Ganso aconteceu aos 34, com Dalmo. A virada veio aos 39, através de Vander.

O Araxá jogou com Flávio Moranga, Raniel, Reginaldo, Nilo e Fernandinho (Paulo Henrique); Dudu Araxá, João Paulo, Rodrigo Cassimba (Lucas Evangelista) e Vander; Dalmo e Gabriel Buru (Serginho). Treinador: Wallace Lemos.

Tricordiano – Rubens, Catatau, Adinaldo, Alcir e Maicon Souza; Bruno Moreno, Ribeiro (Carrara), Mário César e Robinho; Léo Andrade e Rudmar (Leandro Bocão). Treinador: Luiz Carlos Barbiéri.

Público de 1804 pagantes.

Ainda no sábado, em Ipatinga, o Social derrotou a equipe local por 2×0, gols de Eraldo e Deivid.

Neste domingo, de manhã, em Teófilo Otoni, o América bateu o Uberlândia por 2×1. André marcou para o Uberlândia. Rogério Ávila e Luizinho viraram para o América.

Social, América de Teófilo Otoni e Araxá largaram na frente (3 pontos). Uberlândia, Tricordiano e Ipatinga (0).

A segunda rodada começa sábado, com duas partidas:

O Araxá vai a Coronel Fabriciano para enfrentar o Social; Uberlândia recebe o Ipatinga, no Parque do Sabiá. No domingo, de manhã, em Três Corações, jogam Tricordiano e América de Teófilo Otoni.

Por: www.agesporte.com.br
Foto: Jorge Eustáquio Sérvulo

 

URT tem dois jogos decisivos na reta final do Estadual

DSC05686URT ainda terá dois jogos pela frente no campeonato mineiro 2015, para escapar do rebaixamento. No próximo domingo, a Celeste recebe o Cruzeiro no Zama Maciel e na semana seguinte, encara o Tupi em Juiz de Fora.

Com 7 pontos nos 9 jogos disputados, a Poeira tem aproveitamento de 25% e não pode brincar em serviço.

A grande dor de cabeça para o técnico Eugênio Souza é a posição de goleiro. Se na temporada passada, Giuliano fechou a meta e foi um dos responsáveis pela permanência da equipe na “elite”, a coisa mudou de figura na atual temporada. Giuliano não repetiu as mesmas atuações e falhou. Mateus Andrade vem sofrendo com acontecimentos que o afastaram da titularidade, o último deles, o entorse no tornozelo na partida contra o Galo no Independência.

O novo contratado Fernando, entrou contra a Caldense e sofreu com o desentrosamento com o restante do grupo. Deve ser ele o dono da camisa “1” na partida diante do Cruzeiro, domingo às 16h, no Mangueirão.

Rafinha e Marcel nas laterais, Marcus Vinícius e Carciano na zaga, Marzagão, Formigoni e Júnior Paraíba no meio e Ramón no ataque, estão garantidos no time de Eugênio Souza.

O treinador vem testando jogadores na meia e tem as opções de Robinho, Dudu e até Edu Pina para o setor. Se entrar Dudu ou Edu Pina, Robinho iria para o ataque. Se a opção for Robinho no meio, Wellington seria o centroavante.

O Cruzeiro possui uma grande torcida em Patos de Minas e região, o que garante um público vigoroso na Avenida Brasil. Os ingressos estão à venda a R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia).

Por: www.agesporte.com.br
Foto: Toninho Cury

Pael tem opções para mudar time em Governador Valadares

DSC07411O técnico Pael pode manter o time do Mamoré, que empatou no Mineirão com o Cruzeiro em 1×1, para o jogo de domingo em Governador Valadares diante do Democrata, válido pela penúltima rodada da primeira fase do Estadual.

Equipe funcionou bem com o esquema de três zagueiros, formado por Tales, Pablo e Juliano Gimenes, com os laterais Bruno Limão pela direita e Ernane na esquerda.

No meio-campo, Pael contou com Maxsuel, Erick e Luizinho, com Jonathan Reis mais avançado.

No entanto, o treinador ainda não confirmou o time, pois tem outras opções em casa de mudanças.

O meio-campo Esquerdinha pode ser aproveitado na lateral-esquerda, para dar mais opções nas transições ofensivas. O meia Radar, que entrou no segundo tempo em Belo-Horizonte, tem correspondido. Outro que está na lista das opções é o atacante Bruno Aquino, preservado na partida diante do Cruzeiro, por estar aprimorando o condicionamento físico.

Após a partida na capital, a delegação esmeraldina rumou na quinta-feira para Coronel Fabriciano, a 120 KM de Governador Valadares, local da partida de domingo, 16h, frente ao Democrata, que está na luta contra o rebaixamento. Viagem para GV será no sábado.

Com 8 pontos conquistados, Mamoré tem 29% de aproveitamento e espera um resultado positivo contra a Pantera para despachar o “fantasma” do rebaixamento. Lembrando que na rodada final, o Mamoré jogará no Bernardo Rubinger contra o Guarani, outro ameaçado da “degola”.

Por: www.agesporte.com.br
Foto: Sérgio Tavares

Empate com sabor de vitória

princ-2503
Mamoré saiu na frente no Mineirão diante do Cruzeiro, que empatou no finalzinho, em jogo que fechou a 8ª rodada do Estadual 2015.

O zagueiro Juliano Gimenes, de cabeça, aos 10min do 2º tempo, abriu o marcador, depois de escanteio da direita, cobrado por Charles. Empate da Raposa foi aos 41min, com Leandro Damião, na pequena área – 1×1.

Cruzeiro criou situações de perigo, fazendo o goleiro Gilberto trabalhar, com algumas defesas difíceis, sendo apontado pela imprensa presente como um dos destaques da partida. Não só ele brilhou. O reconhecimento é principalmente pela vontade do time.

O Verdão Patense, em momento algum entrou em desespero e se comportou  de uma forma correta, principalmente na parte tática. Por pouco, a equipe de Pael não conseguia um resultado histórico dentro do Mineirão diante do poderoso Cruzeiro. O empate ficou de bom tamanho.

Ficha

Cruzeiro: Fábio, Mayke, Léo, Paulo André (Manoel) e Gilson; William Farias (Marcus Vinícius), Henrique, Judivan e Riascos (Neilton); Joel e Leandro Damião. Treinador: Marcelo Oliveira.

Mamoré: Gilberto no gol, Bruno Limão (Radar) e Ernani nas laterais; os três zagueiros Tales, Pablo e Juliano Gimenes; no meio Maxsuel, Erick (Denilson), Luizinho e Charles (Diego Sales); mais à frente, Jonathan Reis. Treinador: Pael

Não houve cartões.

Árbitro: Jerferson Antonio da Costa; assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira.

Público: 5.978 pagantes; 6.850 presentes. Renda: R$ 170.080,00.

Tabela

Mamoré pernoitou em Belo-Horizonte. No período da tarde, nesta quinta-feira, delegação segue para Coronel Fabriciano, onde permanece até sábado, seguindo depois para Governador Valadares, para o jogo de domingo, 16h no Estádio Mamood Abbas, diante do Democrata.

Cruzeiro, que assumiu a liderança do campeonato, joga domingo, 16h, no Estádio Zama Maciel, contra a URT.

Por: www.agesporte.com.br
Fotos: Toninho Cury

URT perde em casa para a líder Caldense

princ
A Caldense manteve no Estádio Zama Maciel, a liderança e invencibilidade no campeonato mineiro. Fez o seu gol contra a URT no primeiro minuto de jogo e por mais que fosse atacada, conseguiu levar os três pontos para Poços de Caldas.

O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Plínio, escorando de cabeça, uma cobrança de falta da direita do ataque e acertando o canto direito baixo do goleiro Fernando, estreante na equipe Celeste, que falhou no lance, assim como seus zagueiros.

Daí prá frente o que se viu foi um bombardeiro do Trovão, a  procura do gol de empate. Foram muitas oportunidades criadas por Robinho, Ramón e Júnior Paraíba, esbarrando no goleiro Rodrigo, o destaque da partida do lado verde e branco. A única chance da Caldense no primeiro tempo, além do gol, foi uma finalização de Tiago Azulão, que Fernando mandou à escanteio.

No segundo tempo, a URT continuou apertando e criando situações de gol, mas esbarrava na boa defesa inimiga e na postura da equipe comandada por Léo Condé, que soube marcar, diminuindo os espaços e, com sabedoria, administrar o resultado, para se manter na primeira posição do campeonato. Apenas um lance de perigo na etapa final, da Veterana de Poços, numa escapada do atacante Zambi, contido pelo zagueiro Carciano.

Se a URT teve o maior número de oportunidades criadas e nos escanteios que teve a seu favor, 12 contra 2, a Caldense conseguiu o que define uma partida de futebol, o gol e conseguiu no Mangueirão uma vitória importante.

Os times

URT – Fernando, Rafinha, Marcus Vinícius, Carciano e Marcel; Marzagão, Formigoni, Robinho (Danilo Mederos) e Júnior Paraíba; Ramón (Polaco) e Wellington (Robson). Treinador: Eugênio Souza.

O zagueiro Carciano recebeu cartão amarelo.

Caldense – Rodrigo, Jéferson Feijão (Marcelo), Paulão, Plínio e Rafael Estévan; Serginho, Tiago Azulão (Nadson), Yúri e Éwerton Maradona; Luiz Eduardo (Cristiano) e Zambi. Treinador: Léo Condé.

Cartão amarelo para Nadson.

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro; assistentes: Márcio Eustáquio Santiago e Wesley Moreira de Carvalho.

Sequência

Com o resultado a Caldense foi a 21 pontos e garante presença nas semifinais do campeonato mineiro.

A URT fica com 7 pontos, mesma pontuação de Mamoré e Boa e continua a luta para escapar do rebaixamento. Os dois últimos são Democrata de Governador Valadares com 5 pontos e o Guarani de Divinópolis com 4.

A URT volta a campo no domingo, dia 29, contra o Cruzeiro no Estádio Zama Maciel e encerra sua participação diante do Tupi, em Juiz de Fora, no dia 5 de abril.

Por: www.agesporte.com.br
Fotos: Toninho Cury

 

Publicado em URT | Marcado com

Em tarde inspirada, Sapo goleia Tupi

_CSC0272
Mamoré não deixou por menos e goleou o Tupi na tarde deste sábado no Estádio Bernardo Rubinger, por 4×0, pela nona rodada do campeonato mineiro. Com a vitória, Mamoré chegou a 7 pontos e se anima para continuar no Módulo I do ano que vem.

Charles abriu o marcador aos 38min. Luizinho cruzou da direita para a área, Jônathan Reis acertou o poste e na volta, Charles pegou o rebote e “botou” lá dentro. Novamente, Charles marcou aos 41min, numa jogada de Erick pela canhota.

No segundo tempo, o zagueiro André Alves tocou de cabeça para o fundo do barbante aos 19min, depois de cobrança de escanteio. Aos 29min, foi a vez de Luizinho fazer a sua parte, colocando 4×0 no marcador.

Jogo marcou a estreia de Pael, solução caseira, no comando da equipe, ele que foi auxiliar técnico de Alexandre Barroso e Márcio Pereira, demitidos ao longo da competição.

O Sapo parte para os três jogos finais do campeonato: na quarta-feira,dia 25, será contra o Cruzeiro no Mineirão, às 22h. No dia 29, no domingo, às 16h, Verdão Patense encara o Democrata em Governador Valadares. O último jogo será dia 5 de abril, no Bernardo Rubinger, diante do Guarani de Divinópolis.

Vitória incontestável: 4×0.

Mamoré: Gilberto, Bruno Limão, Pablo, André Alves (Juliano) e Ernani; Denilson, Radar, Erick (Alan Bahia) e Luizinho; Charles (Robertinho) e Jonathan Reis. Treinador: Pael.

Cartão amarelo: Charles, Denilson, André Alves e Alan Bahia. André Alves recebeu o terceiro cartão e está fora do jogo de quarta-feira, no Mineirão,diante do Cruzeiro.

Tupi: Glaysson, Hugo Sanches, Sílvio, Mailson e Fabrício Soares; Genalvo, Arilson (Danilo), Ygor (Marcinho) e Ulisses; Daniel Morais e Thiago (Rafael Assis). Treinador: Felipe Surian.

Cartão amarelo: Ygor e Marcinho.

Árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel; assistentes: Marconi Helbert Vieira e Marcelo Francisco dos Reis.

Veja os principais lances do jogo

Por: www.agesporte.com.br
Fotos: Toninho Cury
Imagens: Arsom Nolasco

Ipatinga fica com a última vaga para o hexagonal do Módulo II

equipepos (Mobile)Mesmo com o empate em Coronel Fabriciano diante do classificado Social, o Ipatinga conseguiu sua vaga no hexagonal final do módulo II do campeonato mineiro. Com isso, mesmo com a vitória em casa contra o América de Teófilo Otoni, o Nacional de Muriaé não conseguiu chegar à fase final da competição.

No confronto das equipes do Alto-Paranaíba, com o Araxá já classificado e utilizando um time alternativo, houve empate diante da Patrocinense, no Estádio Júlio Aguiar. Patrocinense termina o módulo II na penúltima posição do Grupo B, à frente do Montes Claros, o rebaixado para a segunda divisão do próximo ano.

Resultados

Placar da última rodada da primeira fase:
Em Muriaé: Nacional 4×1 América TO
Em Coronel Fabriciano: Social 1×1 Ipatinga
Em Uberlândia: Uberlândia 1×0 CAP Uberlândia
Em Três Corações: Tricordiano 1×0 Montes Claros
Em Patrocínio: Patrocinense 1×1 Araxá

Classificação

Classificados do Grupo A: Social 17, América 11 e Ipatinga 10;
Não se classificaram: Nacional de Muriaé 9, Minas Boca 6.

Classificados do Grupo B: Uberlândia e Tricordiano 18, Araxá 16;
Não se classificaram: CAP Uberlândia 11, Patrocinense 10 e Montes Claros 6 (rebaixado).

Por: www.agesporte.com.br
Foto: Jorge Eustáquio Sérvulo

Efeito suspensivo garante Júnior Paraíba no time

junior_paraibaO meia Júnior Paraíba pode participar da partida desse domingo diante da Caldense, no Estádio Zama Maciel, pela nona rodada do campeonato mineiro, graças ao efeito suspensivo, conseguido no Rio de Janeiro, pelo Departamento Jurídico da URT, liderado pelo Dr. Lucas Ottoni.

Pelos incidentes no jogo contra o Villa Nova, há um mês, jogador foi advertido na Comissão Disciplinar do TJD. Em segundo julgamento, pelo recurso da Procuradoria, Júnior Paraíba pegou um “gancho” de 15 dias, no Tribunal Pleno.

Agora, com o efeito suspensivo, jogador pode ser escalado pelo técnico Eugênio Souza para o compromisso diante da Caldense, líder do campeonato, no domingo, 16h.

Por: www.agesporte.com.br

Publicado em URT | Marcado com