Adversário do Cruzeiro faz greve em Quito

Jogadores do Deportivo cruzam os braços (Foto - "El Comercio")

Jogadores do Deportivo cruzam os braços (Foto - "El Comercio")

Jogadores do Deportivo Quito, segundo adersário do Cruzeiro na Copa Libertadores, entraram em greve por falta de pagamento de salários. O jogo contra os mineiros está marcado para próxima quarta-feira. O porta-voz do grupo é o capitão Luis Saritama. Ele disse que a direção do Deportivo não paga salários e prêmios desde dezembro do ano passado. O meio-campista Oswaldo Mina aproveitou para criticar e provocar os diretores do clube. “Creio que não interessa aos dirigentes conseguir coisas mais importantes para o time”, disse ao diário equatoriano “El Comércio”. Mina admitiu que a decisão não é definitiva e que a greve acaba assim que os salários forem pagos. O Deportivo Quito venceu o último campeonato nacional. O título veio depois de 40 anos sem conquistas no Equador. Os jornais de Quito alertam para uma severa punição da Conmebol caso o Deportivo não entre em campo na semana que vem contra o Cruzeiro.

(MG)

Uma ideia sobre “Adversário do Cruzeiro faz greve em Quito

Os comentários estão fechados.