Atlético vai para a final e a URT cai de pé

20160423_155447

O Galo está na final do campeonato mineiro, depois da vitória de 2×0, neste sábado (23) no Estádio Independência, diante do valente time da URT, o campeão do interior em 2016. No primeiro jogo em Patos de Minas, no “Bernardo Rubinger”, houve empate em 2×2. Com melhor campanha, o Atlético jogava com a vantagem do empate.

Time da capital teve mais posse de bola, mas encontrou dificuldades em entrar na área Celeste, que utilizou um perfeito sistema de marcação. A equipe de Ademir Fonseca foi perfeita taticamente no primeiro tempo. Foram pouquíssimas as chances atleticanas.

No segundo tempo, a URT continuou jogando com personalidade e segurança, fazendo a torcida do Galo protestar contra o treinador e o time, que tinha dificuldades nas finalizações.

Depois dos 25 minutos, Ademir Fonseca fez alterações para tornar o time mais ofensivo, para buscar o resultado, pois o 0x0 não interessava em termos de classificação. O Galo continuou insistindo e marcou o primeiro aos 27 minutos, após uma arrancada de Douglas Santos pela esquerda. Dátolo tentou a finalização, mas quem colocou prá dentro do gol foi outro argentino, Lucas Pratto (1×0).

O gol deu tranquilidade ao Atlético, que chegou ao segundo gol aos 46 minutos com Rafael Carioca, finalizando de fora da área, mesmo com a excelente participação no jogo do goleiro Folmann, os zagueiros Mauro Viana (principalmente ele) e Robinho. Na realidade, todo o time foi bem e na avaliação do técnico Ademir Fonseca, “os jogadores foram obedientes ao esquema tático estabelecido”.

URT, na realidade caiu de pé e deixou seu nome escrito nesse campeonato mineiro, como uma equipe de muita luta e determinação, além do bom futebol, premiado com o título do interior.

Foi a primeira derrota do Trovão Azul para um dos grandes da capital. A Poeira havia empatado com o Cruzeiro no Mineirão, vencido o Atlético em Patos de Minas, empatado com o América também em Patos de Minas e empatado com o Galo, no primeiro jogo da semifinal.

Nos 13 jogos do campeonato, Trovão obteve 5 vitórias, 5 empates e apenas 3 derrotas. Carlos Magno terminou com artilheiro do time com 3 gols.

Atletico

Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva (CA), Erazo (CA) e Douglas Santos; Leandro Donizete (CA) (Cazares), Rafael Carioca, Júnior Urso e Dátolo (Clayton); Robinho (Yuri) e Lucas Pratto. Treinador: Diego Aguirre.

URT

Follmann, Alex Murici, Mauro Viana (CA), Robinho e Rodrigo Crasso; Leandro, Ramos, Marco Antonio (CA) (Leomir) e Carlos Magno (CA) (Rafael Magalhães); Kelvin (Gabriel Davis) e Baloteli. Treinador: Ademir Fonseca.

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Marconi Helbert Vieira e Felipe Alan Costa de Oliveira.

Foram mais de 16 mil pagantes no “Independência”. Galo está na final e aguarda a definição de seu adversário, que sai nesse domingo (24), com a partida entre Cruzeiro e América, 16h, no “Mineirão”. América, vencedor do primeiro jogo por 2×0, pode perder até por um gol de diferença, que mesmo assim chegaria à decisão. O Cruzeiro, por seu lado, precisa de dois gols de frente para participar dos dois jogos finais contra o Atlético.

Por: www.agesporte.com.br
Fotos: Toninho Cury

2 ideias sobre “Atlético vai para a final e a URT cai de pé

  1. Parabens a pessoa do Roberto Tulio de Miranda pelo belissimo trabalho a frente do Truvao Azul,Ademir Fonseca e todos os jogadores.

Os comentários estão fechados.