Clássico no Independência termina empatado

Cruzeiro marcou nos acréscimos, aos 56 minutos, e o clássico no Estádio Independência terminou em 2×2, válido pela última rodada da primeira fase do campeonato brasileiro, somente com torcedores do Cruzeiro, o mandante.

Derbe teve bons momentos como gol de Ronaldinho Gaúcho, passando pela defesa cruzeirense e marcando o tento de virada. Na oportunidade, o Galo está com nove em campo contra dez do Cruzeiro. Antes, Leandro Guerreiro (Cruzeiro) e Bernard (Atlético) se envolveram em confusão e foram expulsos. Em seguida, Pierre, que já tinha o amarelo, acertou Montillo e recebeu o vermelho.

O clássico também teve confusão. No início do segundo tempo, torcedores atiraram objetos no gramado, atingindo inclusive o árbitro pernambucano, Nielson Nogueira, que deixou muito a desejar, com pouca autoridade para um jogo como esse. O clima esquentou e foram mostrados nada menos que dez cartões amarelos e três expulsões.

Cruzeiro queimou a primeira alteração aos 15 minutos, com a torção no joelho do atacante Fabinho, entrando Wallyson, que na primeira jogada, um minuto depois, abriu o marcador.

O empate do Galo aconteceu aos 48, nos acréscimos do primeiro tempo, com zagueiro Leonardo Silva.

No segundo tempo, os times procuraram jogar e, se não houve muita técnica, raça e disposição não faltaram. Após a expulsão de Pierre, Ronaldinho Gaúcho protagonizou o lance mais bonito da partida, marcando um golaço, aos 44 minutos.

Quando tudo parecia resolvido, a pressão do Cruzeiro deu resultado, com o gol de Mateus, nos acréscimos, aos 56 minutos.

Galo continua em primeiro lugar, agora com 43 pontos. São 13 rodadas na topo da classificação. Cruzeiro manteve a oitava colocação, com 28 pontos.

O returno começa na quarta-feira. Atlético joga com a Ponte Preta no Estádio Raimundo Sampaio. Cruzeiro enfrenta o Atlético Goianiense, no Serra Dourada.

No domingo, Galo tem um compromisso no Pacaembu diante do Corínthains. Já o Cruzeiro, receberá o Náutico no “Independência”.

(AG)