Formiga Esporte Clube: 82 anos de história

Fundado em maio de 1929, o Formiga Esporte Clube (FEC), um dos times mais tradicionais de Formiga e do Centro-Oeste Mineiro, comemora no próximo dia 7 seus 82 anos de existência, com muitas alegrias, lutas, conquistas e glórias.

Como todo clube do interior, o Formiga iniciou sua vida desportiva no futebol amador, sendo um dos primeiros clubes do interior de Minas a enfrentar times grandes, como Atlético, Vasco e Flamengo. Em 1950, o FEC conquistou um de seus maiores títulos: o de Campeão dos Campeões de Interior.

Já em 1965, o FEC disputou a primeira divisão do Campeonato Mineiro correspondente naquela época ao Módulo II de hoje. O Módulo I era chamado de Divisão Extra. Mesmo com muitos problemas financeiros naquela época, o que não é diferente dos dias de hoje, o Formiga fez bonito e venceu o Araguari por 2 a 1 no campo do Atlético e conquistou a vaga para a Divisão Extra.

O lendário e tradicional Formigão 68 ficou conhecido pela campanha que fez naquele ano; apesar de não ser campeão do interior (pois o Uberlândia acabou na frente do FEC), o time da “Cidade das Areias Brancas” acabou em 4º lugar, atrás de Cruzeiro, Atlético e Uberlândia.

O FEC terminou a primeira fase como vice-líder invicto, ganhando do América e empatando com Atlético e Cruzeiro (no lendário 2 a 2, sendo que Cristovão e Sudaco marcaram pelo Formiga e Tostão descontou para o Cruzeiro).
Os anos 90 foram de muitas dificuldades para o Formiga. Em 1991, o time disputou a Segunda Divisão, porém, sem muito sucesso. Muitos jogadores trabalhavam e não podiam viver apenas do futebol. O FEC seguiu apenas disputando o futebol amador, em campeonatos da cidade e da região.

Em 2005, o FEC retornou ao futebol profissional, disputando a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Porém, devido às dificuldades financeiras e com pouco apoio, não conseguiu uma das vagas para o Módulo II. Em 2006, segundo ano após seu retorno ao profissional, a situação foi diferente e o FEC foi vice-campeão da Segunda Divisão, conseguindo uma das vagas para o Módulo II, sob o comando do treinador Ronaldo Félix.

Em 2007, o FEC não alcançou a elite do futebol mineiro por apenas um gol de saldo, terminando a competição em terceiro lugar, sob o comando de Frederico Incalado (que foi auxiliar do técnico Brandão em 2010 e hoje é novamente o treinador da equipe na temporada 2011).

No campeonato de 2008, o FEC passou por grandes apuros e a campanha não foi muito positiva.

Em 2009, a situação também não foi das melhores, apesar de o FEC ter feito o vice-artilheiro do Módulo II daquele ano, o atacante Yan, que marcou 12 gols, o clube terminou a competição em 5º lugar.

Em 2010, a campanha da primeira fase foi um sucesso: invicto, o FEC fez 18 pontos em oito jogos, tendo o melhor aproveitamento (75%) da competição, e terminou como o primeiro colocado do grupo B, detentor do melhor ataque (18 gols feitos) e da melhor defesa (apenas 4 gols sofridos). Mas, na segunda etapa, o time não conseguiu manter o mesmo desempenho e o Formiga terminou a competição na terceira posição da chave D.

Este ano de 2011, o sonho foi retomado, mesmo com pouco apoio e incentivo, o FEC decidiu encarar novamente o desafio. As chances de chegar à elite do futebol mineiro no próximo ano são remotas, mas a luta continua para que o Formiga Esporte Clube chegue ao Módulo I e traga muitas alegrias e moções para sua fiel torcida, que é sempre o 12º jogador.

Parabéns FEC, pelos 82 anos! O sonho e a luta continuam!

Fonte: Assessoria de Comunicação do FEC