Mamoré aguarda resposta de Zé Borges

Presidente do Mamoré, José Soares Filho

Presidente do Mamoré, José Soares Filho

O Mamoré começa a se preparar para o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão (Terceirona) no segundo semestre e continua os contatos para a formação da Comissão Técnica.

Desde o ano passado, a diretoria entrou em contato com Brandãozinho, atualmente na direção do Guarani de Divinópolis. É o nome mais cotado para ser o treinador do alvi-verde.

O presidente José Soares Filho (Zezé do Cartório) espera ter todos os nomes confirmados até final do próximo mês.

O outro passo a ser dado é a contratação do Supervisor, que ficará encarregado de fazer observações de jogadores para a formação do elenco de profissionais.

José Borges de Sousa (Zé Borges), com uma larga experiência no futebol foi convidado oficialmente pela diretoria.

“Demos a ele 24 horas de prazo para a resposta”, afirmou o vice de futebol Antonio Limírio. José Borges confirma o convite, sem ter revelado valores e realmente vai dar uma resposta até o início da noite de hoje.

Zé Borges trabalhou como supervisor a partir de 1978, depois de ter abandonado a carreira de futebolista. Ficou no Uberlândia até 81. Foi para o Valério em 1986 até 1989, quando retornou ao Uberlândia. Trabalhou no Ipiranga de Manhuaçu em 1990, indo para o América Mineiro em 1991, onde ficou até 2001. Teve uma passagem rápida pela URT em 2002.

É um nome respeitado em todo o Estado e seria mesmo uma grande aquisição do Mamoré.

(AG)

Uma ideia sobre “Mamoré aguarda resposta de Zé Borges

Os comentários estão fechados.