Mamoré: mais uma derrota de 3×1 na Taça Minas Gerais

Mamoré mostrou fragilidade jogando em casa pela primeira vez na Taça Minas Gerais e foi derrotado pelo Uberaba por 3×1 na tarde deste sábado, dia 28.

Time do Triângulo chegou a fazer 3×0, abrindo o marcador aos 10 minutos com Fabiano Souza; Felipe aos 45 marcou o segundo; Evandro aos 13 da etapa final fez mais um. O gol do Mamoré foi anotado por Reinaldo Capela, nos acréscimos, aos 46 minutos.

Foi a segunda derrota seguida, ambas por 3×1, depois da estreia negativa em Três Corações diante do Tricordiano.

Átila Carneiro Magalhães apitou a partida, auxiliado por Jair Albano Félix e Pedro Araújo Dias Cota. Cleonaldo Caetano da Silva, da Liga Patense de Desportos, foi o quarto árbitro.

Marcos Birigui escalou o Uberaba com: Fernando, Ivonaldo, Luciano, Rodrigão, Felipe e Fabiano; Balduíno, Gustavo (Maxsuel), Fabiano Souza (Marcel) e Evandro; André Nascimento (Flávio). Fabiano Souza recebeu cartão amarelo.

Mamoré esteve em campo com: Alonso, Lafaiete, Josimar, Rodrigo Vítor, Deivisson e Marquinhos (Reinaldo Silva); Rudson, George e Hugo (Vitinho); Gilmar (Hugo Veloso) e Carioca. Treinador: Carlos Alberto Pael, que substituiu a Marcelo Serrano. Os jogadores Alonso, Deivisson, Lafaiete, Reinaldo Capela, Rudson e Carioca receberam cartão amarelo. Detalhe: Bruno Maia foi expulso, no banco de reservas, aos 47 do segundo tempo.

O próximo jogo do Mamoré será no sábado, 4 de setembro, em Nova Lima diante do Villa Nova, pela terceira rodada.

Nova Lima

Em Nova Lima, neste sábado, o Villa Nova derrotou o Tricordiano por 5×3. Tucho, Carciano, Heitor, Marinho e Bruno Lourenço fizeram os gols do Leão do Bonfim. Tricordiano marcou com Jonatan Obina (2 vezes) e Samis.

Por: Adamar Gomes e Toninho Cury

4 ideias sobre “Mamoré: mais uma derrota de 3×1 na Taça Minas Gerais

  1. Diretoria. Dá dura nos caras!!!! Pões meta para eles darem conta: perdeu o próximo tá fora. É assim que funciona, cara!

  2. Mais uma vez o que se vê é a notável diferença entre uma equipe que encara as competições com seriedade e profissionalismo, visando um objetivo só, a vitória; do outro lado, nosso lado, um MAMORÉ tímido, acanhado e ratifico…ainda amador. Sapo ainda acreditamos em você, ainda há tempo para recuperar, cadê a seriedade e profissonalismo encarados na terceirona? Forma-se um time de primeira divisão para disputar a terceira divisão, forma-se um time de terceira divisão para disputar a primeira, o pessoal acorda…os níveis são diferentes.

  3. A diretoria tem planejamento claro e objetivo para o Verde? Aqui na Faculdadede Patos temos gestores de processos que podem nos ajudar. Tá na hora de usar a cabeça e ter humildade. Amadorismo é uma época que já passou. Põe os nossos gestores de Patos para ajudar. Cruzeiro, Internacional possuem gestores. Já ouviram falar. Bate um e-mail para eles.

  4. EU SEMPRE VENHO ESCREVENDO AQUI NESTE ESPAÇO:TEMOS QUE TOMAR MUITO CUIDADO,É NO MINEIRO DA 1ª DIVISÃO,ESSE LABORATORIO PODE SER PODRE E HISTORICAMENTE O EC MAMORÉ TEM QUE QUEBRAR A TRADIÇÃO DE QUE NO CAMPEONATO MINEIRO DE CADA ANO UM DOS DOIS QUE SOBEM,PELO MENOS UM CAI.E ESSE TIME QUE ESTÁ AI HOJE ATUANDO NA TAÇA MINAS,CAI E EM ULTIMO LUGAR.TEMOS QUE REFLETIR E A DIREÇÃO DO CLUBE TEM QUE AGIR.NESSE ELENCO SALVAM-SE POUCOS,REINALDO CAPELA,GEROGE,RODRIGO E MAIS UM OU OUTRO PRA COMPOR ELENCO OU PLANTEL COMO QUEIRAM.VAMOS OBSERVAR JOGADORES PRINCIPALMENTE DE FUNORTE E ATLETICO TRÊS CORAÇÕES E AGIR ESPERTERTAMENTE.ACORDO DIRETORIA.ESSE TIME ATUAL COM ESSA EMPRESA DE EMPRESÁRIOS DE BH,NÃO VAI DAR EM NADA.

Os comentários estão fechados.