Mamoré quebra invencibilidade do Leão

Vitória do Mamoré sobre o Villa Nova por 1×0, neste sábado no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, pela 8ª rodada da Taça Minas Gerais. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro, que jogava de lateral esquerdo, Deivisson, aos 44 minutos do segundo tempo, depois de jogada do atacante Reinaldo Silva. Com isto, caiu o único invicto da competição.

A melhor chance do Villa foi aos 10 do primeiro tempo, numa finalização de Marinho, que passou perto do gol de Eládio. Mamoré poderia ter marcado aos 31, numa finalização de George, por cima do travessão. William César, que retornava ao Verde, teve uma boa oportunidade aos 40, com a bola passando perto do poste.

O 0x0 no primeiro tempo ficou de bom tamanho, com mais movimentação no meio campo e chances de gol aparecendo só no finalzinho.

Na etapa final, Hugo Alexandre, livre, finalizou para fora, após boa jogada do artilheiro Reinaldo, aos 6 minutos. Com a chuva e a cancha molhada, a partida foi fraca na parte técnica e parecia caminhar para o empate.

Aos 44 minutos, pressão do Mamoré, jogada de Reinaldo Silva e sobra para Deivisson, que disparou para o gol, marcando o único tento da partida.

Se o Mamoré não foi muito superior ao time de Flávio Lopes, pelo menos criou mais oportunidades e mereceu o resultado.

Foi a segunda vitória do Verde na Taça Minas Gerais, porém insuficiente para colocar o time entre os quatro primeiros.

Antonio Márcio Teixeira apitou com tranquilidade e mostrou apenas dois cartões amarelos, para Mateus e Bruno Lourenço, do Villa. Os seus assistentes foram: Pedro Araújo Dias Cotta e Ricardo Vieira Rodrigues.

Mamoré: Eládio, Peterson, Josimar (Guilherme), Rones e Deivisson; Wéverton, Hugo Alexandre (Gutierrez), George e William César (Vinícius); Rodrigo Vítor e Reinaldo Silva. Treinador: Luís Eduardo.

Josimar deixou o campo contundido e o atacante Gutierrez fez sua estreia. O preparador de goleiros, Maurício Soares comandou o time do banco, com Luís Eduardo e Pael do lado de fora, por suspensão.

Villa Nova: Daniel, Mateus, Heitor, Carciano e Bruno Barros; Bruno Lourenço, Émerson (Wallaxe), Evandro (Marcos Pinguím) e Gedeon (Leandro Paraná); Marinho e Alan. Treinador: Flávio Lopes.

Villa Nova, já classificado, tem 17 pontos. Uberlândia é o segundo com 14. Uberaba em terceiro com 11. Tricordiano tem 9 em quarto. Mamoré vai a 7 pontos e o Funorte com 3.

Neste domingo, no Estádio Júlio Aguiar, jogam Funorte e Tricordiano. Funorte não conseguiu aprovar o seu Estádio com o Laudo de Vistoria e terá que jogar mais uma vez em Patrocínio.

Uberaba e Uberlândia vão se enfrentar na quarta-feira, dia 20, completando a rodada.

Por: Adamar Gomes
Fotos: Wallisson Alves e Toninho Cury

2 ideias sobre “Mamoré quebra invencibilidade do Leão

  1. O Tricordiano ganhou de 3 a zero do Funorte, e cada vez mais o ditado “SOME SAPO, SOME SAPO, está valendo, o Funorte mais uma vez detonou com o sapo!

Os comentários estão fechados.