Massa vence, mas Hamilton é o campeão

Uma das finais mais emocionantes da Fórmula 1 aconteceu neste domingo no autódromo de Interlagos, em São Paulo. O brasileiro Felipe Massa precisaria da vitória e o inglês Lewis Hamilton não poderia chegar até o quinto lugar.

Massa fez a sua parte e venceu pela segunda vez em três anos em Interlagos, na última etapa do Mundial 2008, mas Hamilton acabou terminando em quinto lugar e ficou com o título por um ponto de diferença.

A prova ficou emocionante a duas voltas do final, quando o alemão Sebastian Vetell, da STR, tirou o quinto lugar de Hamilton, o que daria o título ao piloto brasileiro. No entanto, a poucos metros da linha de chegada, o inglês conseguiu ultrapassagem sobre o alemão Timo Glock, que não suportou a pressão pois não havia trocado o pneu para a chuva, que caia naquele momento.

Massa cruzou a linha de chegada, quando Hamilton ainda não havia conseguido o quinto lugar e começou a comemorar o título. A alegria logo se transformou em tristeza pela façanha do novo campeão de Fórmula 1, com a sua McLaren.

Hamilton entra na história como o mais novo piloto campeão de Fórmula 1, com 98 contra 97 pontos do vice-campeão Felipe Massa. Lembrando que no ano passado, também em Interlagos, o inglês perdeu o título para Kimi Raikonen, da Ferrari, também por um ponto.

A chuva que caiu antes da corrida, atrasou o início do Grande Prêmio. Com a pista em processo de secagem, foram antecipadas as paradas aos boxes. Nelsinho Piquet, da Renaut, rodou. O escocês David Coulthard, que se despedia da Fórmula 1, acabou se envolvendo numa batida com o japonês Kazuki Nakajima e o Brasileiro Rubinho Barrichelo, com a sua Honda, chegou em 15° lugar.

Classificação dos Pilotos em 2008

Lewis Hamilton (98), Felipe Massa (97), Kimi Raikkonen (75), Robert Kubica (75), Fernando Alonso (61), Nick Heidfeld (60), Sebastian Vetell (35), Jarno Trulli (31), Timo Glock (25). Foram estes os dez primeiros. Nelsinho Piquet terminou em 12° com 19 pontos e Rubens Barrichelo em 14° com 11 pontos.

Construtores

A Ferrari venceu o Mundial dos Construtores com 172 pontos, contra 151 da McLaren, 135 da BMW-Sauber, 80 da Renault e 56 da Toyotta.

(AG)