Sérgio Vita faz balanço das atividades da URT

Sérgio VitaEm sua entrevista ao programa “Bola na Rede”, da Rádio Clube, Sérgio Vita, um dos membros da Comissão Gestora da URT abordou diversos assuntos. A conquista do título de campeão do Módulo II, a festa de aniversário, o planejamento para 2014 e dívidas, foram os temas abordados.

Conquista

Sérgio Vita falou da grande conquista da URT, sagrando-se campeã do módulo II de 2013, retornando à divisão de elite depois de sete anos. Abordou a força da União entre dirigentes, comissão técnica, jogadores e torcida, para levar o Trovão Azul para o Módulo I.

74 anos

Confirmada a festa de comemoração dos 74 anos da União Recreativa dos Trabalhadores, no Estádio “Zama Maciel”. O aniversário será dia 9, mas o evento acontece dois dias antes, no dia 7. Haverá almoço e sorteios de prêmios, inclusive um veículo zero quilômetro. Participação: R$ 50 reais, “free” bar.

Eleições

Sérgio Vita falou também das eleições para formação da diretoria. Atualmente, a gestão vem sendo realizada por uma comissão de nove membros: Dr. Edno Ferreira Brito, Alonso Porto Santos, Júlio César Vilela, Sérgio Vita, Maria dos Reis (Reizinha), Romero Meira, Bartolomeu Ferreira Ribeiro, Roberto Túlio de Miranda e Marlindo Celso Basílio.

Acertos

Sobre as contas referentes à campanha 2013 no módulo II, falta acertar metade da folha de maio e algumas gratificações, que daria um valor de uma folha mensal, segundo Vita.

Ação na justiça

Sérgio Vita falou ainda da ação de execução que tramita na justiça há alguns anos, envolvendo o Clube e o empresário Roberto Silva (Roberto Legal). Ele vai fazer de tudo para que o patrimônio da Celeste seja preservado. Algumas frases do dirigente da URT:

-“A ação de execução é de 2007, na época do presidente Capitão Mendes, referentes a parceria de 2004 a 2006. O valor original, segundo diretores da época, seria de pouco mais que 80 mil e foram cobrados 200 mil, na justiça” (hoje estaria em mais de 640 mil reais).

-“No processo de execução de conta, o Estádio está protegido. A Justiça pede um bem à penhora e a URT indicou parte do terreno, na Avenida Paranaíba. Enquanto estivermos na URT, estaremos protegendo o patrimônio.”

-“Outros presidentes que passaram entendem que a URT não deve. Temos que esperar. Não conheço o processo em si, não estava lá. Vários jogadores foram negociados, como Sandro, Léo Silva, Adriano, Márcio Diogo e a URT não ganhou dinheiro nessa história. Herança maldita.”

-“Inclusive no processo envolvendo o lateral Jean, fruto da parceria, mais de 75 mil reais, numa ação trabalhista, foi a URT que pagou.”

-“Os nossos advogados estão atentos, o Dr. Vítor Ângelo (hoje em Belo-Horizonte) e a Dra. Beatriz.”

Aí estão os principais tópicos das declarações de Sérgio Vita.

(AG)
Foto: Toninho Cury

2 ideias sobre “Sérgio Vita faz balanço das atividades da URT

  1. Essa pendencia com o Roberto Silva ainda vai dar o que falar, como torcedor da URT me preocupo muito com isso, acho que não é tão simples como estão pensando.

  2. essas dividas preocupa muito,ter dado parte do patrimonio “lotes av paranaiba”,nao esta certo,sao 650.000 e’ muita grana,ainda dividas com atletas e inss tambem e’ uma divida grande,porque nao negociar o estadio e fazer um estadio + afastado,nisso temos que aceitar que os moxes fizerao certo porque eles tinhao dividas muito maiores e deu certo..e nossa localizaçao e’ muito valorizada..acordem enquanto e’ tempo,o antigo tupi desapareceu..

Os comentários estão fechados.