URT sofre no primeiro tempo e festeja na etapa final: 1×0 sobre o Uberlândia

_DSC0042 (Custom)Quem mandou no primeiro tempo no “Zama Maciel” foi o Uberlândia, na estreia da URT no Grupo A do Módulo II do campeonato mineiro, na tarde deste domingo, dia 17. No entanto, a Poeira melhorou na etapa final, fez 1×0 e garantiu os três pontos na primeira rodada.

Tiago Mariano se viu cara a cara com o goleiro Cristiano e desperdiçou a primeira grande oportunidade da partida, para a equipe alvi-verde. Depois foi a vez do meio-campo Hugo, de novo para o time triangulino, aparecendo novamente o goleio celeste, mandando à escanteio.

A URT perdia o meio-campo e o Uberlândia mandava no jogo. Foram sete escanteios cobrados pela equipe de Zé Humberto, contra um, apenas, da Celeste.

O panorama se transformou na tapa final, com as substituições promovidas pelo técnico Luís Eduardo. o meia Émerson e o atacante Robinho, que não estavam bem, cederam lugares a Diogo Marzagão e Cesinha. Antes de sair, Robinho perdeu a primeira grande chance da URT, numa cabeçada, após jogada de Peri pela esquerda. A entrada do atacante Peri em lugar de um dos três zagueiros Reginaldo foi fundamental para que a equipe passasse a tomar a iniciativa no jogo.

Se no primeiro tempo, o domínio foi total do Uberlândia, na etapa final, a Celeste foi melhor e marcou o gol, aos 10 minutos, com Leandro Bocão, cobrando falta, com barreira.

Depois disto, Bocão teve outra chance, mas finalizando prá fora. Em seguida, Bocão cruzou prá área e o zagueiro Martony, bateu errado na bola, acertando o próprio travessão. Cesinha também perdeu gol feito, após uma avançada, em que conseguiu driblar o goleiro, mas ficou sem ângulo para a finalização. O Uberlândia marcou presença duas vezes com Joãozinho. Na primeira, Cristiano, o melhor em campo, mandou para escanteio e na outra, chutou prá fora.

O árbitro teve altos e baixos e complicou-se na parte disciplinar, mas acertou nas expulsões de Iran (da URT) aos 33 minutos e Edvan (do Uberlândia), aos 43, ambas no segundo tempo. Expulsou ainda o treinador Luís Eduardo e, em seguida, seu auxiliar Pael.

URT: Cristiano, Martinês, Reginaldo (Peri) e Ediê; os laterais Iran (expulso) e Marcel; Xandinho, Émerson (Diogo Marzagão) e Zé Maria; Robinho (Cesinha) e Leandro Bocão. Treinador: Luís Eduardo. Cartão amarelo para Martinês, Xandinho, Robinho e Leandro Bocão.

Uberlândia: Felipe, Álvaro, Jalnir e Martony; os laterals Edivan (expulso) e Assis; Paulo Almeida (Daniel Morais), Tiago Mariano (Rafinha) e Hugo; Paulão (Bruno) e Joãozinho. Treinador: Zé Humberto. Cartão Amarelo mostrado para Assis, Paulo Almeida, Álvaro, Tiago Mariano e Bruno.

Árbitro: Ronei Cândido Alves; Assistentes: Pedro Araújo Dias Cotta e Ricardo Júnio de Souza.

Renda: R$ 23.335,00 – Público pagante: 1396 (não estão computados sócios-torcedores).

Escanteios: dois a favor da URT e dez para o Uberlândia.

No final da partida, a URT anunciou o desligamento do atacante Augusto César, por indisciplina. Um novo atacante deverá ser contratado.

O meia Jean Carlo se apresentou no sábado à noite e aguarda a inclusão de seu nome no BID da CBF para que possa atual no Módulo II.

Domingo, dia 24, às 16 horas, no “Bernardo Rubinger”, acontece o clássico Mamoré e URT.

Por: Adamar Gomes
Fotos: Toninho Cury

_DSC0073 (Custom) _DSC0065 (Custom) _DSC0062 (Custom) _DSC0060 (Custom) _DSC0045 (Custom) _DSC0049 (Custom) _DSC0050 (Custom) _CSC0076 (Custom)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 ideias sobre “URT sofre no primeiro tempo e festeja na etapa final: 1×0 sobre o Uberlândia

  1. O jogo entre URT x Uberlândia, em seu primeiro tempo foi de bastante marcação, muitas faltas, o juiz amarrou muito o jogo, e a URT perdeu o setor de meio de campo, e só não saiu perdendo no intervalo pela ótima atuação do goleiro Cristiano. No segundo tempo as alterações feitas na equipe da URT surtiram efeito, e o time foi pra cima empurrado pela sua torcida, e numa bela cobrança de falta de Leandro Bocão, a URT fez o seu gol, suficiente pra sair com os três pontos em casa. Isso sim foi o mais importante, pois além da estreia, a URT enfrentou um adversário difícil, e nesta segundona não tem jogo fácil. Os pontos positivos da URT, foram sem dúvida, o bom zagueiro Martinêz e o velocista Peri, além do ótimo goleiro Cristiano. Já Robinho não esteve numa tarde inspirada, e esteve bem abaixo do esperado, também o volante Xandinho um pouco sobrecarregado e perdido principalmente no primeiro tempo, já no segundo melhorou um pouco. Mas no geral a URT foi bem, e a torcida não precisa esperar goleada não, segunda divisão este ano, será muito disputada, pois os times em sua maioria estão bem preparados e muito nivelados tecnicamente. E da-lhe URT, rumo a primeira divisão……….

  2. Fui no jogo e se o time não mostrou um grande futebol pelo menos mostrou espirito de luta e isso é importante para quem quer subir.Precisa apenas ter jogadores mais rápidos do meio de campo pra frente, pois a mobilidade é importante num campeonato de jogos truncados. Escalaria um time no 4-4-2 e iria pra cima da sapaiada com um time

    Cristiano, Jason, Martinês, Ediê e Marcel. Xandinho,Diogo Marzagão ,Zé Maria (Cesinha) e Jean Carlo Peri e Leandro Bocão (Robinho)

Os comentários estão fechados.