Zé Humberto se despede do Mamoré

Zé Humberto acerta sua saída do Mamoré, depois da participação do clube no módulo II do campeonato mineiro, não conseguindo a classificação para a segunda fase.

Ele foi anunciado como treinador no dia 28 de fevereiro, para substituir a Luís Eduardo. Sua chegada foi no dia 2 de março e a estreia no dia 5, quebrando a invencibilidade do Uberlândia no Estádio “Bernardo Rubinger”, conseguindo uma virada por 2×1. Foi o seu melhor momento e do time também.

Do céu ao inferno. No jogo seguinte, Mamoré perdeu para o lanterna e, hoje, rebaixado, Fluminense de Araguari, no “Sebastião César” por 4×1. Foi a única equipe a perder para o Tricolor do Bosque nesta competição, no dia 9.

Três dias seguintes (dia 12), o alvi-verde foi batido pela Patrocinense no “Bernardo Rubinger” por 1×0, o que trouxe uma intranquilidade maior, diante da iminência da desclassificação.

No dia 16, uma quarta-feira, foi a noite do apagão. Além dos problemas com os reflectores do Estádio, Mamoré teve o problema em campo atuando mal e perdendo de 1×0 para o Ituiutaba, gol de Marclei.

E, o desfecho, foi o pior possível, nova derrota para o rival (URT) por 4×2 no Estádio “Zama Maciel”, no domingo, placar que deixou o Sapo de fora da segunda fase.

Na realidade Zé Humberto chegou com o “bonde andando”, no transcurso da competição e foi o menos culpado da situação. No seu relacionamento com o grupo e com os torcedores, procurou ser o mais verdadeiro possível e creio ter deixado uma boa imagem, apesar dos resultados.

O momento agora não é de procurar culpados e nem de transferir responsabilidades ou desviar a atenção do torcedor. A hora é de analisar o trabalho realizado desde a formação do grupo, o rendimento nas partidas, o relacionamento entre diretoria, comissão técnica, jogadores e torcida e colocar os pingos nos “ís”.

Por: Adamar Gomes
Foto: Toninho Cury

3 ideias sobre “Zé Humberto se despede do Mamoré

  1. A culpa até pode ser do Luis Eduardo, mais quem o contratou, tambem tem sua parcela. Fizeram a maior festa , falando que ganharam a briga com a URT, quando ele não cumpriu o acordo, e voltou para o Mamoré, agora ficam colocando a culpa apenas nele.

  2. OLHA COMO NÃO TRANSFERIR RESPONSABILIDADE.
    VEJA O TAMANHO DO ESTRAGO QUE O LUIZ EDUARDO FÊZ.
    ELE NÃO SABE MONTAR TIME. FÊZ O GRUPO DO UNAÍ E FRACASSOU.
    FÊZ O GUPO DO TRICORDIANO E ABANDONOU PARA VIR PARA O MAMORÉ EM SUBSTITUIÇÃO AO ADENILTON SOARES. FÊZ MANDAR O CELSO EMBORA E TROUXE UM RABO GROSSO CHAMADO MAÇARICO.
    DEIXOU A URT NA MÃO. SORTE DA URT.ABANDONOU O MAMORÉ E FOI PARA O FUNORTE. VEJA OS RESULTADOS DO FUNORTE. JÁ ACERTOU UM PRÉ CONTRATO COM A PATROCINENSE E VAI LARGAR A QUALQUER MOMENTO O TIME DE MONTES CLAROS NA MÃO. A DIRETORIA AINDA FALA QUE NÃO É HORA DE ACHAR CULPADOS?
    SEM ESSA AMADORES!!!

Os comentários estão fechados.